Falar sobre tudo e mais alguma coisa

Segunda-feira, 12 de Janeiro de 2009
Memórias da minha infância

nós eramos muitos mais mas não encontrei a imagem perfeita:o)

Naquela altura éramos seguramente mais de trinta. Avós, tios e tias, primos e primas. Quando chegava a primavera juntavamo-nos todos cá na terra e era uma alegria tão grande que muitas dias antes já mal dormia de ansiedade! Vinham os primos de Gaia, os primos da Póvoa e de muitos outros lugares, que é o que dá ter uma família enorme!

Eram sempre domingos estes dias de festa e que me lembre, esse dias, foram todos de sol. E ainda bem, porque estas festas consistiam em enormes pic-nics no pinhal onde se assavam sardinhas, se comia regueifa, broa e azeitonas. Também se levava pão-de-ló e ovos tingidos.

Os primos maiores arreliavam os mais pequenos e era só ouvi-los choramingar um pouco para logo de seguida correrem atrás do arreliador! Também jogávamos aos índios e cowboys. E ainda dava tempo para procurar covas de coelho e de raposa. Mas o que mais gostava era mesmo das descidas vertiginosas sentados em cima de um cartão, por uma encosta ingrime do pinhal. Muitos terminavam o dia de joelhos esfarrapados e calças rotas, mas não fazia mal, porque era demasiado divertido para darem sequer conta disso!

Quando o dia terminava e era hora de arrumar a louça, dobrar as mantas, guardar tudo dentro das ceiras de ir à feira e voltar para casa, já estávamos de orelha murcha cheios de saudades uns dos outros. Cada um voltava para suas casas e dormíamos sem sono de tão cansados que estávamos.

Tenho pena que estes dias não se voltem a repetir, mas todos nós crescemos, formamos família, alguns até já nem fazem parte deste mundo... fica a saudade, ficam as boas memórias, ficam as histórias para contar...

 

 

 

 


sinto-me: nostálgica

publicado por magnolia às 22:30
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008
Memorias da minha infância

imagem retirada da net

 

Lembro-me que nestes dias de aborrecida chuva fria que entra na pele sem pedir licença e nos enregela os ossos, vinha da escola saltitando pelas poças de água, não tanto evitando-as, mas sim chapinhando-as para ver com alegria a que altura saltavam as pingas geladas. Reunia com o resto dos miúdos do bairro procurando salamandras, que na altura não sei bem porquê as baptizamos de saramelas. Eram bichos feios, repelentes, e que apareciam às dezenas mortos na nossas rua sem carros. Depois íamos subir muros cheios de musgo verde que nos manchava a roupa e invariavelmente dava origem a raspanetes.

Só mesmo quando a noite começava a cair e o frio me punha o nariz vermelho é que voltava para dentro não sem antes a minha avó já me ter chamado umas dez vezes! Sabia tão bem sentir a chuva fria na cara, a liberdade, a natureza no seu estado puro…

Depois da noite cair, secar o cabelo, tirar os sapatos encharcados, pôr uma manta aos ombros, sentava-me em cima da caixa da lenha, aquecendo-me no fogão de lenha, vendo as chamas crepitar e sentindo o aroma da sopa de feijão rajado e da broa acabada de cozer…

 

 

 


sinto-me: nostálgica

publicado por magnolia às 15:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 13 de Março de 2008
Saudades das tardes de verão...

imagem retirada da net

Saudades das tarde de Verão da minha infância ...

Tardes em que ficava estendida ao sol no meio da erva fresca, olhando o céu tão azul que cegava. Tardes em que não era preciso relógio , em que me guiava pelo sol, pelo cheiro da terra, pela hora do lanche. 

Tardes em que podia correr de cabelos ao vento pelo meio dos campos pintados de amarelo por milhares de florezinhas de verão . Florezinhas que serviam para fazer colares, pulseiras, coroas de princesa.

As saudades que tenho das tardes que brincava as escondidas nos campos de milho, correndo, rindo sem parar e terminar a brincadeira debaixo do sistema de rega como se fosse uma chuvada imprevista!

Saudades de poder brincar com os vizinhos na rua sem medo, de nos podermos afastar, brincar nos pinhais aos índios , construir cabanas de ramos de eucalipto até ser noite e sermos todos chamados para jantar. tardes de verão em que fazíamos piqueniques no quintal e tomávamos chazinho com as bonecas.

Saudades das tardes de verão em que ficava colada aos livros deitada ao sol, devorando as aventuras fantásticas dos cinco e me imaginava com eles vivendo aventuras perigosas em grutas e castelos perdidos no mundo, Sonhando acordada com um mundo cheio de coisas maravilhosas lá fora.

Saudades de ser criança e de ter o mundo por minha conta, de poder sonhar com um mundo melhor, de ter permissão para ser feliz.

Ai que saudades de tantas tardes de verão da minha infância ...

 

 


sinto-me: nostalgica

publicado por magnolia às 17:16
link do post | comentar | favorito

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Memórias da minha infânci...

Memorias da minha infânci...

Saudades das tardes de ve...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds