Falar sobre tudo e mais alguma coisa

Terça-feira, 8 de Abril de 2008
Dia de solidão...

imagem retirada da net

Hoje é um dia daqueles dias que tudo me faz chorar. Uma música lamechas à Michael bublé, um casalinho com mais de setenta anos de mão dada, dois miúdos de 16 anos aos beijinhos como se não houvesse amanha. A lista não acabou, mas não me quero tornar uma chata demasiado chata. Na verdade tudo me faz chorar. Acho que hoje até algum que me abra a porta para passar me vai fazer chorar…Estou triste, lamechas, cansada, deprimida…raios...já não chegava a crise financeira?? É o que dá estar sozinha tanto tempo a falar com as paredes. São péssimas conselheiras as minhas paredes brancas. .

Depois dos miúdos irem dormir fico sozinha. De repente tudo fica silencioso (que eu tento anular com a televisão ligada num programa parvo qualquer). O silêncio da noite traz pensamentos negros. Falo entre dentes com o meu eu. Sinto o vazio da noite em cada poro da minha pele. Um arrepio de frio percorre-me. Não é um frio qualquer, é um frio da alma. Como se nela habitasse o gelo dos pólos. É apenas a falta de amor, bem sei. Sinto falta de saber que há alguém especial que se preocupa comigo, que me dá a mão, que me transmite o calor humano e faz sentir humana, mulher… há tanto tempo que a única coisa que me chamam é mãe, filha, irmã…já não me lembro da ultima vez que me pegaram na mão com sentimento, com amor. Aquele toque que faz sentir uma ternura imensa que incendeia a alma. Falta-me um ombro onde deitar a cabeça no fim de um dia extenuante. Já não sei sequer falar de amor. Já não sei dizer coisas bonitas, já não sei dizer que amo.

Dizem que estou melhor assim. Talvez esteja em certos aspectos. Não tenho quem me controle, quem me faça sofrer. Não tenho ninguém a minha espera, não tenho a quem dar satisfações da minha vida. Mas também não tenho com quem passear de mão dada, com quem ir jantar a luz de velas, com quem ir ao cinema. Não tenho quem me diga que me ama, não tenho quem me diga bom dia meu amor. Não tenho quem me diga que tem saudades minhas, não tenho quem me faça um mimo na cara. Não tenho quem me limpe as lágrimas em dias difíceis… mesmo que houvesse uma balança capaz de pesar estas coisas e a parte do “estou melhor assim” pesasse mais…eu iria sempre ficar a pensar que o melhor mesmo é ter amor…

Magnolia em dias de solidão..


sinto-me: sozinha

publicado por magnolia às 11:31
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Dia de solidão...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links

Uploaded with ImageShack.us
A minha obra:-)
Image Hosted by ImageShack.us
By magicmagnolia
Statistic
Procuras alguma ideia em especial?
 
Quantos andarão por aqui?
web counter
Pub
Ideias em pelicula
Que horas são?


blogs SAPO
subscrever feeds