Falar sobre tudo e mais alguma coisa

Terça-feira, 27 de Maio de 2008
E se tu aqui estivesses...


 


 


imagem retirada da net


 


 


 




E se tu aqui estivesses


Aqui, agora,neste instante


E eu apenas balbuciante


E tu nada me dissesses




 




Eu acenderia uma chama




Que  timida, tremeluziria


Nessa noite escura e fria


Assim como quem ama




 




Em segredo, sem ousar




Algum dia assim dizer


-O quanto te quero ter


-O quanto te quero amar




 




Ficaria a chama a olhar




A vê-la assim tão bela


Aquela chama amarela


Nos nossos olhos a brilhar




 




E então poderia tentar




Dizer: gosto de ti, amor


Sem medo e sem pudor


E entao teus labios beijar....


 


 


Magnolia


27-05-2008


 


 


 


 



publicado por magnolia às 23:37
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 14 de Maio de 2008
Pingos de chuva

 


 



 


(Imagem retirada da net)


 


Ouço os pingos de chuva lá fora


Que caem um a um sem parar


São tristes e fazem-me chorar


Queria que a chuva fosse embora


 


Para não me fazer assim lembrar


Que estou sozinha neste mundo


E que isso dói bem lá no fundo


Saber que não tenho a quem amar


 


E quero calar este pensamento


E o vento e a chuva fazer parar


Que as estrelas voltem a brilhar


Em esplendor no firmamento


 


Estou tão cansada de esperar


Meu amor, minha cara-metade


Nem vale a pena em boa verdade


Sei que nunca te hei-de encontrar


 


Ainda pensei encontrar-te um dia


Numa dessas estrelas brilhantes


Que passam na noite errantes


E fazem da noite bela e luzidia


 


Não, nunca te vi, nunca chegaste


Por outras paragens deves andar


Outra pessoa, outra vida a alegrar


Sinto apenas que me abandonaste


 


Acho que te perdi e jamais te irei ter


Assim nos meus braços enlaçado


Perdi-te sem nunca te ter amado


Pelo menos enquanto assim chover...


 


 


Magnolia


14-05-2008


 



publicado por magnolia às 22:47
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sexta-feira, 2 de Maio de 2008
Sonho com um amor sem rosto...

É tarde. O relógio não pára a sua lenta caminhada pelo tempo. Queria tanto deitar a cabeça na almofada e dormir....mas não consigo. Na cabeça tenho um turbilhão de pensamentos em que milhões de coisas se atropelam, aparecem e desaparecem a velocidade do vento em fúria ... pensamentos dispersos...sinto falta de ti. Quem és tu? Não sei. Nunca te vi o rosto, mas já sem como és... meigo, ternurento, inteligente, alegre, conversador, positivo, sincero, romântico . Todos os dias me vens buscar para jantar, conversas horas comigo sem parar. Consegues arrancar-me gargalhadas como mais ninguém o faz. Pegas na minha mão com ternura e nela pousas um beijo. Olhas-me nos olhos e dizes-me que nunca viste ninguém mais belo do que eu. Levantas-te e com um gesto convidas-me para dançar. Sinto-me tão especial quando estou contigo, sinto-me uma rainha, uma deusa do Olimpo. Sinto-me leve e poderosa! Sinto-me feliz! Enquanto danço contigo pouso a minha cabeça no teu ombro e fecho os olhos um momento e deixo-me levar pela musica, pelo teu perfume suave, pelo calor da tua pele tão próxima . queria poder ficar assim para sempre, com os teus braços enlaçando-me pela cintura, o teu peito de encontro ao meu e os teus lábios a murmurar no meu ouvido: Amo-te querida.... Abro os olhos e já não te vejo. Fecho-os de novo e apenas vejo uma imagem diafana de ti. Cerro os olhos com mais força e tento reter-te aqui...estendo os braços, mas não te alcanço...eras apenas um sonho, o sonho que se repete dia após dia...e que dia após dia me faz deitar com os olhos humidos ...

Magnolia um pouco solitária

 

" class="ljvideo"> 

sinto-me: tristita

publicado por magnolia às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Domingo, 2 de Março de 2008
Sinto-me só...


imagem retirada da net




Esta solidao que me faz sofrer


Que me tira a vontade de viver


Olho para dentro de mim


E nada vejo, so um vazio assim


So a escuridao, desolaçao


Estou cansada, abatida de coraçao


Tenho saudades de ter carinho


Um gesto, um mimimho


De andar de mao dada na rua


De conversar debaixo da lua


Do nome do amor mil vezes escrever


Na minha alma sem querer


Saudades de sentir um aperto


Quando o  ser amado nao esta perto


Quero ver alguem aqui ao meu lado


E sentir um abraço apertado


So hoje, so agora, neste momento


Sentir o calor de um corpo sem tormento


Sentir a respiraçao no meu ouvido


Palavras segredadas, de amor, sem sentido


Estou sozinha, no vazio, sem perceber


Este silencio que me faz ensurdecer


Que me deixa perdida na incerteza


Num mar de angustia e tristeza


Queria apenas hoje nao estar sozinha


Na noite que ja se avizinha


Ver um rosto, um sorriso, um olhar



Ter alguem a quem muito amar....




Magnolia




publicado por magnolia às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Cinza

Não te deixarei fugir out...

Truque

Estado Doloroso

Precisei...

Distância dolorosa

Hoje...

Porquê

sucumbi

azul perfeito...

às vezes, assim nestes di...

Poema nocturno

Partiu-se

Em ti confio...

Negro céu

O vazio que eu sinto...

Noites de falso Inverno

Nada mudou

Solidão

Insónia

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub