Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Domingo, 8 de Março de 2009
Domingo de manhã...

Domingo de manhã é um momento terrível para os solitários. Precisava do meu amigo, tinha urgência de o ver. Precisava de conversar e só ele é capaz de me ouvir de me entender.

Por isso hoje de manhã fui ver o mar.

No céu azul, o sol brilhava intensamente, mas as águas do oceano estavam cinzentas. O vento soprava furiosamente mal me deixando ouvir o Jamie que levava comigo no mp3. Estava cansada, mas caminhei alguns quilómetros pela beira-mar. Depois tirei as sapatilhas e caminhei descalça na areia molhada. Olhei mais longe, na direcção do sol e a água brilhava como se fosse feita de cristal. Gosto tanto de ver a água assim, como se fosse feita de cristal. Olhei para trás e vi o farol. Imaginei-me a viver no farol. Seria uma delícia acordar todos os dias com as gaivotas a pairar na janela e as ondas a bater nas rochas. Podia fechar os olhos mis um pouco, sentindo-me completamente segura sabendo que a luz que guia os náufragos estava mesmo ali por cima de mim. Foi uma ideia tola bem sei, mas gostava de experimentar um dia uma ideia assim tola. Uma ideia assim tola que não causa dano mas que dá prazer.

Já estou a divagar.

Fui ver o mar porque ontem me senti triste novamente. Devia desistir de sair à noite. Vou a sítios lotados e sinto-me só. Muito mais do que me sinto quando estou efectivamente só. A lágrima teimosa queria sair de novo, mas não deixei. Respirei fundo e acabei de beber a vodka laranja. Vim para casa, mas a solidão também estava na minha casa. Mais uma vez não deixei a lágrima teimosa sair. Adormeci tardíssimo e acordei cedíssimo. Por isso fui ver o mar. Para tentar acalmar a angústia que certos pensamentos me fazem sentir. Não sei se me sinto muito melhor, mas pelo menos neste momento não corro o risco da lágrima querer soltar-se de novo…

 


sinto-me: solitária

publicado por magnolia às 17:37
link do post | comentar | favorito

13 comentários:
De Marta a 8 de Março de 2009 às 22:29
Olá amiga,

Como eu te entendo. Eu ontem refugiei-me numa ida ao futebol e num jantar com um casal amigo. Depois casa. Hoje refugiei-me no sofá e também anda por aqui uma lagrimita teimosa.

Beijinhos e força


De magnolia a 9 de Março de 2009 às 00:10
A solidão pode mesmo ser dolorosa às vezes, impiedosa, mesquinha...

Espero que estejas melhor minha querida. Eu nem por isso....

beijinhos


De maebabada a 9 de Março de 2009 às 10:52
só te posso mandar um grande beijo daqui, mais não posso fazer, ha fantasmas que só cada um pode combater sozinho...e essa lagrima e esses pensamentos tens que os combater tu, com força e empenho.

beijocas


De magnolia a 10 de Março de 2009 às 23:48
Tu sabes que o faço.....mas às vezes deixo-me cair um bocadinho, quando ando mais cansada e solitária....

Obrigada pelo apoio:)

Um beijinho


De green.eyes a 9 de Março de 2009 às 18:11
Olá Magnolia
Por saber o quanto custa essa solidão. Espero que a sua termine o mais rapidamente possivel. Os filhos, os amigos ... por vezes são o nosso consolo.
Beijinho bem grande


De magnolia a 10 de Março de 2009 às 23:50
Olá Ana,

Sem dúvida que são amiga, sem dúvida que são...

Um grande beijinho de obrigada:)


De guiga a 10 de Março de 2009 às 19:17
Ocorre-me comentar, pelo pequeno texto de Strindberg: "
No fundo, é isso, a solidão: envolvermo-nos no casulo da nossa alma, fazermo-nos crisálida e aguardarmos a metamorfose, porque ela acaba sempre por chegar!!
É familiar a todos nós......
:


De magnolia a 10 de Março de 2009 às 23:51
Não conhecia esse texto. Gostei muito!

Obrigada pela visita


De guiga /meg a 11 de Março de 2009 às 12:24
Olá:

Chegou-me ao mail o seu "obrigado", gosto de "bichanar"/cochichar, pelo que,ficaria grata se quando quiser, podermos trocar ideias, mas nos bloggs respectivos, pois dá mais gozo on line. gosto do seu Blogg, tal como ele é, fico à espera que visite o meu e me desanque se for preciso, ou largue um complemento de ideias em palavras.
O meu é

abraço


De magnolia a 11 de Março de 2009 às 16:51
Olá:)

Tenho um blog que uso para poder seguir os amigos que têm blogspot. Se vir por lá uma borboleta, sou eu! terei todo o gosto em visitar e trocar ideias!
Fico feliz que tenha gostado do meu.)

Beijinho


De propagandaearte a 11 de Março de 2009 às 15:36
Minha amiga querida:

Gostaria de ler outras palavras suas, mas este é o momento que está passando e eu fico aqui, na parte de baixo do oceano, torcendo para que logo acabe. E de vez!
;o)
Fico pensando no que poderia fazer para ajudá-la e acho que já sei. Há muitos e muitos anos, mais ou menos trinta e oito,quando eu ainda era um adolescente de quinze, desesseis anos, sentia-me muito só às vezes. Minha maneira de externar aquela solidão, de desabafar, enfim, já que não tinha muito jeito para conversar com meus pais e nem eles comigo era escrever. Escrevia, escrevia, escrevia até colocar pra fora tudo o que eu estava sentindo. Uma vez escrevi a pequena poesia abaixo que fala exatamente da relação tristeza/sorriso. É a maneira que penso ter para ajudá-la um pouquinho a aplacar a sua dor. Espero que goste e que pelo menos lhe faça dar um sorriso por mais rapidinho que seja.
Um beijo grande do Marco.

SORRIR

Marco Aurélio Cidade

Sorrir não é abrir a boca
mostrar os dentes.
Sorrir é saber sentir
tudo que há de bom
num sorriso de amizade.
Sorrir é dar aquilo tudo de bom
que nós temos.
Não sorria forçado jamais.
Aprenda a viver,
aprenda a sorrir.
Sorria demais.
Se hoje chove...
Sorria!
Amanhã faz sol.
Se está doente...
Sorria!
Agradeça a Deus por não morrer.
Saber viver é saber sorrir,
é saber amar,
É jamais se lastimar.
Sorria como um pássaro que voa contente,
que vive a cantar.
O sorriso é uma forma de se amar,
Sabia?
Então sorria!
Nem tudo na vida vale a tristeza.
Nem tudo na vida vale um sorriso.
Mas em todo caso, sorria!
É bem melhor do que chorar.
Olhe, estou triste
e escrevo sobre o sorriso.
Veja se pode.
Vamos! Sorria!
Não me decepcione.
Sorria e veja como é bom.
Acabei de descobrir.



De magnolia a 11 de Março de 2009 às 16:52
Adorei o poema Marco, é lindo!! Fez-me sorrir, cumpriu a tarefa que lhe tinhas pedido....:)

Um beijinho


De propagandaearte a 11 de Março de 2009 às 17:05
Viu?
Que bom!
Consegui, então!
Beijo do Marco.
;o)


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds