Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009
Conversas com a minha alma...

imagem retirada da net

Escrevi um parágrafo mas apaguei-o. Porquê? Porque era um parágrafo inteiro de tristeza. E não pode ser? Pode, mas não quero. Não queres porquê se é mesmo assim que te sentes? Porque não me quero sentir assim. Então porque não fazes algo para mudar? Já fiz. E? Não resultou. E se fizeres com mais força? Também já fiz. E? E nada, não resultou. Estou triste e pronto. Mas estás triste porquê? Olha, nem sei. Estou assim para aqui um pouco cinzenta, deve ser do tempo. O tempo não tem culpa de estares triste. Vá, desembucha. Não sei, não vês que não sei explicar esta tristeza? Mas tenta pelo menos. Nunca se desiste de nada sem tentar. Vá, tenta lá explicar. Está bem, tentar até tento, mas não prometo conseguir. Então é assim, sabes quando sentes falta de algo sem nome? Sabes quando suspiras profundamente e não estás apaixonada? Sabes quando te sentes impotente perante a vida e perante o mar de problemas em que vives? Sabes quando gritas mudamente que te tirem desta montanha russa porque a tua cabeça já não aguenta tanta volta? Sabes quando apetece mesmo é entrar num comboio com bilhete apenas de ida e sentar num banco à janela, apreciando a natureza em movimento, vendo a vida a acontecer? Sabes quando tens a noção perfeita que muitas das coisas que gostarias de fazer na vida vão ficar pelo caminho? Sabes quando te sentes a pessoa mais estúpida ao cimo da terra porque te sentes assim, mesmo sabendo que a vida é mesmo assim e todos um dia se sentem assim? Pois, estou a ver que tens é que voltar a apagar este parágrafo, esta triste como o que apagaste antes. Pensando bem não vou apagar. Não podemos apagar os dias mais tristes, nem os podemos reescrever. A vida tem um sistema estranho de não nos deixar mexer em nada do que já foi escrito. Por isso, só podemos tentar que os próximos parágrafos saiam melhores que os anteriores. E no livro da nossa vida tem que constar todos os capítulos, todas as frases, todas as palavras, sejam elas de que cores forem, pois é essa a nossa história, sem mentiras, sem artifícios, apenas a verdade, nua e crua. Está decidido que não apago. Ponto.  


sinto-me: pensativa

publicado por magnolia às 00:44
link do post | comentar | favorito

11 comentários:
De maebabada a 27 de Janeiro de 2009 às 09:50
de todo o post ha a reter que os proximos parágrafos serão muito mais alegres concerteza, força, energia positiva, e optimismo é o que é preciso!

beijocas


De magnolia a 27 de Janeiro de 2009 às 17:44
Neste ponto da minha vida não é muito fácil.....mas eu tento:o)) acredita que tento:o))

beijinhos


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds