Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008
Casa do Regaço

 

Ontem fomos visitar os meninos da Casa do Regaço. Levamos muitas roupas e sapatos que já não servem. Em vez de dar a pessoas que por vezes não aproveitam ou pôr no contentor para Africa sem saber se as roupas chegam ao destino, tenho levado tudo para lá.

Levei os meus filhos propositadamente para que se apercebam que há crianças que não tem a sorte de ter uma família que as ama, que toma conta delas, que as protege e que eles às vezes amuam por coisas absolutamente parvas, comparadas com as tristezas que estes meninos e meninas devem sentir.

Conheci a Casa do Regaço através de uma amiga que trabalha lá com as crianças. Ela esteve a mostrar-me a casa e fiquei rendida com tudo o que vi. Tudo muito bonito, muito limpo e arranjado. Os quartinhos muito mimosinhos, com uma decoração moderna, colorida, acolhedora.

Tenho que deixar aqui em publico uma palavra de apreço para todas as pessoas que trabalham lá e que mais do que trabalho fazem daquilo a sua vida. Educam, mimam, protegem, amam aquelas crianças. Tratam delas como se fossem suas. Sofrem com as suas tristezas, riem com as suas alegrias e ficam felizes com as suas conquistas. Estamos a falar de crianças que foram retiradas aos pais por maus-tratos, por abandono, por negligência. Estamos a falar de bebés, de meninos e meninas desde a idade mais tenra até aos dezoito anos.

Quando lá cheguei fui tão bem recebida, duas meninas vieram a correr para pedir colinho. Tive que me revezar para poder dar colo às duas pequenitas, a Ana também brincou com eles e um menino de mais ou menos seis anos agarrou na mão do André e não o largou mais até sairmos de lá.

Também contam lá com os voluntários, pessoas que se oferecem para ajudar nas mais diversas tarefas, seja a dar a sopa, a dar o banho ou simplesmente a brincar com os meninos. Vi lá várias pessoas, mas confesso que o que mais me deixou sensibilizada foi um miúdo da idade do André, que já faz voluntariado há muito tempo. Nunca me passou pela cabeça que um miúdo assim preferisse estar lá do que estar em casa de volta das coisas próprias da idade ou a sair com os amigos.

Por tudo isto, se alguém de perto me ler, ajude a casa do regaço. Ajudar nunca é demais.

 

 

Podem ver fotos aqui.

 

 

 


sinto-me: triste mas afortunada

publicado por magnolia às 11:48
link do post | comentar | favorito

15 comentários:
De daplanicie a 27 de Outubro de 2008 às 12:45
Também é uma situação que me comove imenso e, muitas vezes tenho pensado em fazer voluntariado. Infelizmente, como chego a casa já tarde ainda não aconteceu. Se todos seguíssemos o seu exemplo as crianças que precisam de amor seriam certamente mais felizes.
Beijinho


De magnolia a 28 de Outubro de 2008 às 10:15
O meu problema é o mesmo: falta de tempo! Mas se cada um de nós contribuir com um coisa pequenina o resultado será imenso!

Beijinhos!


De Cris a 27 de Outubro de 2008 às 14:08
Essas crianças sofrem bem mais do que imaginamos!! (Por coincidência o tema abordado no livro que estou a ler). Felizmente há pessoas, como essas que referes, que dedicam as suas vidas aos mais carenciados.

Um gesto muito bonito da tua parte, levares os teus filhos! Também tento consciencializar os meus, constantemente, para essa situação, mas ver com os próprios olhos faz toda a diferença!

Beijinhos


De magnolia a 28 de Outubro de 2008 às 10:17
Acredita que faz....chegar lá e ver aquelas carinhas lindas e saber que estão ali porque os pais não querem saber...
... no entanto é impossivel estar lá com eles e não abrir um sorriso enorme!

beijinhos


De ssbpt a 28 de Outubro de 2008 às 11:11
Que gesto tão bonito, eu também costumo enviar as nossas roupas para uma instituição, mas nunca me lembrei de lá ir fazer uma visita... há-de ser um bela lição de vida para um dia ensinar á minha filha!!
Beijocas


De magnolia a 28 de Outubro de 2008 às 12:39
Quando ela crescer mais um bocadinho leva-a...ha tantas casas como esta espalhadas pelo país...casas demais...

Beijinhos


De patrycia a 28 de Outubro de 2008 às 17:33
Pois é!
Incríveis as coisas que por vezes nos passam ao lado, não é?
Podes-me dizer onde é que fica?
Tenho tantas coisas para dar e seria um óptimo sítio...
Beijinhos


De magnolia a 29 de Outubro de 2008 às 14:21
É verdade...tantas coisas que não vemos e que estão à frente do nosso nariz..

Fica em Terroso (Povoa de Varzim), conheces?

Beijinhos


De Joanina a 28 de Outubro de 2008 às 21:41
Bonito gesto o teu! Sensibilizou-me muito este teu post.
Bj da Jo


De magnolia a 29 de Outubro de 2008 às 14:23
Obrigada Jo...embora não o tenha feito para receber elogios..
Muitos beijinhos pra ti.


De Jose Seguro Franchini a 28 de Dezembro de 2009 às 12:05
Ontem tive o prazer de ter estado na casa do Regaço, conhecer ao vivo como vivem estas crianças, inspirado no que tinha lido aqui, fiz omentários com a psicologa desta instituição sobre este blog, simplesmente adorei.
Ontem vi como se vive aqui, MUITO BEM existe AMOR
A simpatia, o atendimento, o acolhimento, sobretudo a limpeza o respirar da alma, quando se entra nesta casa, o sentir as cores dos quartos, a harmonia deste lar, quando saimos, o mundo parece diferente.
Como se pode em pelo século XXI maltratar as crianças, como se pode ignorar estes jovens, rapazes e raparigas do amanha, eu sinti-me a pessoa mais felizarda do mundo, por ter ido com um grande grupo de amigos, ver entrar e sentir este local.
Obrigado por ter este blog.
Um sorriso de uma criança num café de NATAL

Foi com muito gosto que recebi o convite do clássico mania, através de Paulo Sousa, já conhecido através do clube dos mercedistas.
A ideia era fantástica, a data ideal, a causa suberba, todos os ingredientes para um encontro divino.
Um encontro com espírito Natalício, para uma causa muito nobre ajudar a Casa do regaço oferecer um sorriso as crianças.
Este foi o mote, que juntou meia centena de pessoas, duas dezenas de viaturas clássicas, por onde passavam ninguém ficava indiferente.
O ponto de encontro em frente ao El Corte Inglês as 10 horas da manha do dia 27 de Dezembro de 2009, domingo.
Os carros partiam em carravana até Povoa de Varzim, calmamente rolavam nas estradas que nos ligavam de Gaia, até á primeira paragem, área de serviço do Mindelo.
Carros para todos os gostos, feitios e modelos, desde Rolls Royce, Bentley, vários Jaguares, MG, land rover, mazdas, Peugeot Gti, Renault 5, Renault 4, Ford Transit a gasolina, Ford Mk1 ,Datsun 1200, Fiat 850 Cabrio ……
O restaurante Marinheiro, foi o cenário escolhido para o almoço, muito bem decorado um ex libris desta cidade da Povoa de Varzim, recebeu-nos lindamente, sempre aterefados, mas com um sorriso de um lado ao outro, mesmo com muito trabalho a simpatia do atendimento cinco estrelas, como o restaurante.
Bem decorado, em forma de barco, mesas, redondas, um restaurante cheio, um silencio absoluto de uma calma que se respirava e se provava em cada garfada de um excelente arroz de tamboril, saboreando o vinho delecioso, em cada mastigar de palavras ouvidas proferidas de pessoas que se conhecendo á tão pouco tempo, se conhecem tão bem, não só de carros se fala, mas sim um pouco de tudo, tanto se aprende nestes encontros.
A sobremesa, mesmo já fartos de doces devido a esta época, não deixamos de provar as deliciosas iguarias que nos foram servidas, o café foi o culminar desta refeição, a mesa cheia de pessoas, foi se esvaziando lentamente, para trás ficou um mito que tanto gostaria de conhecer e tive o prazer de saborear uma exclente refeição Restaurante Marinheiro.
De volta ao tema, partimos para o casa do Regaço, uma instituição de ajuda de crianças em risco fomos recebidos de uma forma muito querida, onde nos mostraram os encantos e recantos deste local, bonito, com muita luz sobretudo com muito carinho com que as pessoas tratam estes miúdos, como em pleno século XXI se pode maltratar crianças, deixamos um pouco de nós, deixamos lembranças, presentes, mas sobretudo deixamos um pouco de nós, brincamos com as 5 crianças que estavam ali no momento, mais outras tantas se juntaram ao fim da tarde, esta casa do regaço tem capacidade para 22 crianças a lotação infelizmente está repleta.
Desde a entrada passando pela sala de estudo, recepção aos pais e amigos, o gabinete da psicóloga e professores de apoio, a sala de estar de leitura, o refeitório a brilhar as tarefas que cada um tem no seu dia a dia, a sala dos mais pequenos, os quartos bem decorados, a limpeza da instituição e o carinho das pessoas que ali trabalham, que encontro maravilhoso.
Pena que alguns preferiram ficar em casa no calor da lareira, valia a pena terem vindo, terem conhecido quem muito faz dia a dia por estas causas, parabéns aos organizadores, aos patrocinadores e sobretudo pelo diploma que guardarei religiosamente na parede junto a tantos outros, onde me lembrarei sempre deste maravilhoso dia.
José Seguro Franchini


De Jose Seguro Franchini a 28 de Dezembro de 2009 às 12:09
Continuando
Não queria deixar de referir o excelente convívio em que terminei com mais elementos da casa do Regaço, Diogo, Catarina, Joana, Sandra, Raquel, Sofia, Jack entre tantos, o fim muito bom, no restaurante S JOAO , em Vila do Conde, um local a não perder, fomos recebidos principescamente pelo gerente do restaurante, uma oferta muito generosa, que nunca nos vamos esquecer a hora de escolher um restaurante para jantar em Vila do Conde
Obrigado por este magnifico dia.
José Seguro Franchini http :/ classicosmania.com forums showthread.php?p ?p=15134&posted=1#post15134
Obrigado mais uma vez por este blog o mesmo está já também no classicos mania, no clube dos mercedistas e claro no CLAC
Nunca é demais referir, PARABÈNS pelo tópico, pelo blog e sobretudo parabéns a casa do Regaçao



De magnolia a 28 de Dezembro de 2009 às 14:43
OLá:)


Foi uma enorme surpresa para mim este comentário, pois não estava mesmo nada à espera. E melhor, fiquei muito, muito contente que um post meu tenha feito diferença:) Fiquei mesmo muito sensibilizada que tenha vindo cá buscar inspiração para uma boa acção, que desde já felicito e aplaudo com afinco. Precisamos de gente que faça e não que apenas fale no assunto!
Ainda bem que fizeram um bom passeio e ainda puderam fazer o bem ao mesmo tempo, foi assim uma espécie de dois em um, que eu acredito ´deixou aquelas crianças muito felizes, pelo menos, por momentos!
Obrigada pela sua simpatia para comigo e para com o meu blog. Obrigada pela publicidade e obrigada pela visita ao meu cantinho!

Excelentes entradas é o que lhe desejo a si e atodos os membros do classicos mania!



De Jose Seguro Franchini a 28 de Dezembro de 2009 às 15:21
Boas

Agradeço o seu rápido comentário, não fui eu o organizador do evento, quem sou eu, para organizar algo tão enorme como este evento, quem sou eu, apenas um mero desconhecido, apenas sou uma pessoa no meio da multidão, apenas um mero e simples participante, neste grandioso evento, nada fiz, se não colaborar com a minha presença, boa disposição, tornando uma simples tarde de domingo época de Natal, numa grande tarde de encanto, de uma tarde cinzenta, triste, numa alegria contagiante, de uma tarde diferente, valeu a pena? claro que sim.. valeu e vale sempre a pena, não perder, mas investir longos minutos, longas horas longos dias, longos momentos sem fim, por uma causa tão nobre como esta.
O seu blog nada tendo a ver com carros, com classicos, será concerteza o mais lido nestes ultimos dias, foi por mim isso sim comentado com a psicologa da Casa do Regaço e pelo dr oscar, de quem tive o prazer e a honra de ter sido recebido com a restante comitiva.
O seu tópico e blog, foi sim uma inspiração para mim, foi sim através do seu blog que consegui mover mais pessoas para esta causa, espero que seja um repetir de um não mais acabar.
Obrigado por existirem pessoas, com um carisma tão grande, como a pessoa que criou este blog, que deu luz a este projecto que deu vida a esta casa.
Obrigado
José Seguro Franchini


De Tânia Santos a 11 de Fevereiro de 2010 às 11:33
Felizmente existem casas como o REGAÇO, eu já tive o prazer de conhecer, através de uma amiga, levei as minhas filhas comigo a mais pequenina brincou e recebeu muita atenção dos meninos
a minha filha mais velha, assim que entrou ficou diferente, muito calada e muito quieta, só com o tempo é que foi brincando, para surpresa dela estava lá uma menina que ela conhecia mas que a minha princesa não fazia ideia que essa mesma menina estava no REGAÇO. fiquei maravilhada com aqueles jovens, da maneira coma partilhavam os brinquedos e a responsabilidade que eles tinham, por outro lado senti me triste pois como mãe e educadora não consigo que as minhas filhas partilhem sem que aja birras. mas o que eu quero partilhar com voçês é o seguinte, como vos disse a minha filha ficou diferente, eu achei esquesito, depois de entregar-mos alguns brinquedos e roupa e estar-mos lá um bocadinho viemos embora, a minha princesa despediu-se dos meninos, foi calada até ao carro, assim que inicia-os a viagem de regresso a casa ela começou a chorar e disse: Mãmã á meninos que não podem dizer: é "meu"
eu entendi que foi ali que a minha princesa que na altura tiinha 6 anos teve conscienscia que o que eu lhe contava era verdade
posso lhes garantir que foi uma experiência gratificamte

um bom haja a todos os colaboradores de causa tão nobres


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds