Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008
Saudades, muitas, muitas...

 

imagem retirada da net

 

 

 

Hoje quando pensei em ti, senti os meus olhos ficarem húmidos e meu peito tão apertadinho como se pesasse toneladas. As entranhas revolveram-se-me e senti uma dor profunda em todo o meu ser. Tenho saudades…

Como vai ser no dia que ganhares asas e voares? Como vai ser quando já não te tiver todas as noites perto de mim? Quando não tiver a tua mãozinha a passar no meu cabelo? Como vou sobreviver sem ouvir o teu riso alegre? Como poderei algum dia passar sem os teus beijinhos? Tenho saudades…

Estas longe de mim há dois dias e parecem semanas. Falo contigo ao telefone e fico de sorriso nos lábios, babada. Tenho muitas saudades…

Que vai ser de mim minha filha? Que vai ser de mim sem ti um dia? Os meus dias serão vazios. Visitar-me-ás? Pensarás em mim, tua velha mãe? Falarás de mim aos teus filhos com carinho? Já tenho saudades e esses dias ainda estão no futuro num tempo que não vejo.

Sabes que te amo mais do que tudo no mundo. Não só a ti, também amo muito o teu irmão, mas é como se fosses única e o amor que te dedico único também. E o ao teu irmão amo de igual forma. Por isso, hoje te digo que te amo mais do que a mim própria, que te quero mais do que a todas as coisas na vida. E que a vida sem ti não faz sentido nenhum….

Tenho saudades de ti…

 

 


sinto-me: saudosa

publicado por magnolia às 17:42
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds