Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Segunda-feira, 28 de Julho de 2008
O meu casulinho

imagem retirada da net...

Vivo no meu casulinho de seda onde sou feliz. As vezes, muitas vezes, sinto saudades de ver a terra e mar. E é nessas alturas que abro o casulo e olho cá para fora. Vejo o sol a brilhar lá no alto de um céu azul celeste e sorrio. Outras vezes preciso de vir cá fora procurar alimento. Dentro do casulo só há alimento para a alma, não há para o corpo.

Depois de algum tempo no casulo já me esqueci dos perigos que há no mundo e saio despreocupada e feliz. Não me lembro das palavras que ferem, dos rostos feios, não me lembro dos gestos feitos de espinhos. Não me lembro que o perigo esta a espreita atrás de cada flor, de cada raio de sol, de cada sorriso…

Dois passos depois sinto o sol a aquecer-me a pele, a fragrância das flores a penetrar-me as narinas, olho e vejo a imensidão do mundo aos meus pés. Sorrio. Fico inebriada com tanta beleza e dou passos incautos na direcção do mundo. Deixo que os rostos se cheguem a mim, que as palavras entrem nos meus ouvidos e que os olhares se cruzem com os meus. Sorrio.

É precisamente quando sorrio com a alma e que esse sorriso se mostra no meu olhar, nos meus lábios, em cada gesto meu, que os perigos saltam sobre mim. Que esses rostos apagam o brilho do sol, calam o canto dos pássaros e escurecem o azul do céu. Os gestos feitos de espinho ferem a minha pele e as palavras feitas de gelo destroem o meu sorriso e gelam o meu olhar.

E eu então, de lágrima a rolar pela cara, volto ao casulo por mais uns tempos. Até ao esquecimento.

 

Magnólia

 

 


sinto-me: cansada

publicado por magnolia às 16:10
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds