Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Quarta-feira, 23 de Julho de 2008
Ok, ok, eu sei, isto não passa de um sonho…

imagem retirada da net

 

 

 

É sempre nesta altura do ano que a minha costela de hippie dá sinais de vida.

Começa por ser um breve olhar, depois um sorriso aberto, a seguir um suspiro profundo, depois um ligeiro saltitar e por fim já este coração dá pulos à maluca! São estes os sintomas quando vejo passar uma velha caravana e lá dentro, um ou dois lobos solitários, de cabelo comprido, vários brincos, roupa velha que não condiz, sandálias artesanais e um olhar tranquilo.

Confesso, pronto. Eu confesso que sinto inveja (saudável) dessas pessoas que não tem casa para pagar, nem contas da água, luz e condomínio. Que não tem quatro ou cinco assoalhadas para limpar. Que tudo o que precisam para viver e serem felizes cabe dentro daquele espaço pequenino.

 Mas acima de tudo, sinto que eles são felizes porque são livres. Que não estão amarrados aos bens materiais, às normas, aos preconceitos. Que não se importam de não ter mais móveis, mais um plasma ou dez pares de sapatos. Nem se importam que as pessoas os olhem como aberrações. E o dinheiro é apenas uma forma de pagar o pão do dia a dia. E que o modo de vida não é mais do que uma forma de sobreviver.

Viajam pelo mundo, sem amarras, sem grilhetas. Sim, sinto uma certa inveja destas pessoas que não tem horário para entrar ao trabalho, nem hora para jantar. Que não precisam de relógio nem despertador. Que o tempo é todo deles.

Sinto que o tempo é mais tempo quando não se tem pressa, que a beleza de um campo de flores é maior quando se pode parar e senti-lo e olha-lo, longamente, sem pressas, que o por do sol é mais belo quando não se tem nada à espera e tudo o que importa é o por do sol….

Começo a pensar nisto e já me imagino de cabelos ao vento, saia comprida e chinelos, num dia em que os termómetros marcam 35º, a J.J. aos berros no rádio roufenho, os miúdos atrás aos saltos, e todos em coro a tentar acompanhar a letra sem sucesso. E é nesta altura que vemos uma bela cascata e sem ter pressa, nem desejos de ir para mais lado nenhum, mergulhamos para um belo banho nessas águas cristalinas…

 

Magnólia farta de estar aqui presa…

 

 

 


sinto-me: prisioneira
tags:

publicado por magnolia às 16:01
link do post | comentar | favorito

12 comentários:
De mamaepedro a 23 de Julho de 2008 às 16:22
Sexo, drogas e rock n´roll, sim porque o charrito ajuda ainda mais a ser livre, hihihi.
Na minha terra havia imensos e eu tornei-me amiga de um que era um espectáculo, cultivava cactos e via-me como uma "Deusa", dizia que eu tinha uma aura muito pura e era VIP (very important people), ai que saudades que agora me deu dele e dos seus piropos...

Beijokas


De magnolia a 23 de Julho de 2008 às 17:35
As drogas dispenso... agora o resto..:) lol

tens que ir lá fazer uma visitinha:-) Ehehe

beijinhos


De me a 23 de Julho de 2008 às 16:24
Só me ocorre dizer...
... "Ganda maluca!!!!!"

:P
Bjocas


De magnolia a 23 de Julho de 2008 às 17:36
Na imaginaçao pode tudo, não pode?? :-) ehehe

beijinhos!!


De agoradigoeu a 23 de Julho de 2008 às 21:45
Pois é!!!
O tempo muitas vezes atraiçoa-nos, deixamos que a sociedade nos domine, aceitamos os perconceitos e perdemos o nosso comboio da vida no velho "Pão de Forma". Eu também tenho essa nostalgia.
perguntoeu:
- Quem, nesta vida, não teve vontade de largar o virtual (material) e partir na real ao som da Janis Joplin.
Bonito post!!!


De magnolia a 24 de Julho de 2008 às 09:25




De Cris a 24 de Julho de 2008 às 00:21
E que belo sonho!!

Não é assim tão inacessível...
Também gostava, por uns dias... Mas só por uns dias...

A minha irmã anda a pensar seriamente em comprar uma caravana. Talvez me convença a experimentar!!

Beijinhos


De magnolia a 24 de Julho de 2008 às 09:29
Agora é inacessivel....2 filhos, 1 emprestimo bancario, 1 emprego de quase 14 anos....só se for quando eu for velhota!! :-) Até já estou a ver os meus netos a dizer ao amigos: "tenho uma avó bué de maluca!!! Vive numa charrueta velha e anda a correr mundo!!! è marada de todo" :-)

Por uns dias sabe bem de certezinha!

beijinhos


De maebabada a 24 de Julho de 2008 às 10:34
bem....eu gosto muito das minhas assoalhadas, do meu banhinho diário, do meu sofá...que hei-de dizer sou citadina, não gosto muito dessas ondas...eu ate para acampar tenho que pensar muito bem, so se for mesmo para um dia mostrar esse lado das férias ao G.

Agora que admiro quem consegue viver assim, admiro, o meu cunhado sai daqui com a namorada e faz os pirineus todos de carrinho a dormir la dentro e tudo... feitios :o)


De magnolia a 24 de Julho de 2008 às 11:44
Eu também não dispenso o banhinho diário e adoro a cidade em certos aspectos...mas esta ideia de liberdade absoluta seduz-me!!!

Acampar até se acampa, dois dias ou tres...mais não que dormir numa tenda faz dores nas costas!!

Beijinhos:o))


De jcm-pq a 24 de Julho de 2008 às 18:49
Olá Magnólia!

Sonhar faz parte da vida!. É saudável!
Repare, que nos momentos em que escrever o texto, foi uma hippie!... Não pensou em mais nada e isto fez-lhe bem!.
Gostei do texto.

Jcm-pq


De Márcio Branco a 28 de Julho de 2008 às 19:42
Penso que essa ideia só é idilica porque é mesmo uma ideia, é como a celebérrima ideia "Um amor e uma cabana". Em pensamento é tudo muito perfeito e sem dúvida nenhuma que parece ser perfeito a noção de viajar sem destino, de ver sitios sem ganhar poiso, sem ter contas para pagar, sem contas a prestar, sem amarras....
Duvido é que quem faça isso sinta as coisas dessa forma, porque o ser humano é feito de tudo aquilo que implicitamente estávamos a deixar para trás ao perseguir este sonho.
Nós somos culturalmente e educacionalmente seres sociais e de raizes familiares, somos criados para permanecer num local e prosperar, gerar familia e conseguir viver dessa terra ou local. Gostamos de ter o nosso espaço, de estar no mesmo sitio e de conhecer os nossos vizinhos, de poder tratar por tu o senhor da mercearia e de ao passarmos na rua sermos cumprimentados pelo nosso nome~.
Gostamos de trabalhar para poder sustentar os nossos vicios, gostamos de trabalhar para ter um salário ao fim do mês que nos encha de orgulho e satisfação porque trabalhamos e somos uteis e bons em alguma coisa.
Agora compreendo que nos dias de hoje, queremos e ambicionamos por uma vida mais "fácil", com melhores salarios e melhores condições. Que possamos ter um pouco mais de "luxo" e menos de preocupações, isso compreendo e acho que merecemos.
Agora viver com os cabelos ao vento, acho que só é bom na ideia :-)


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds
Em destaque no SAPO Blogs
pub