Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011
3 bikinis para nada...

 

 

…é um bom título para este post onde vou falar sobre o fim-de-semana de Verão e prolongado, que se revelou muito chuvoso e cinzento. Não quero com isto dizer que o fim-de-semana foi mau, bem pelo contrário, foi excelente!

 

Durante três dias vi muitas, muitas coisas interessantes e sempre de bikini vestido! Não tirei a roupa, é certo, que o frio não deixou, mas em cada manhã vesti sempre o bikini ou não fosse a esperança a ultima a morrer!

 

Nestes três dias fui abraçar o apóstolo Tiago, calcorreie as ruas de Santiago, conheci novos lugares, vi paisagens deslumbrantes, comi comida deliciosa, bebi chupitos, chorei, ri e até gargalhei. Foram três dias cheios de muita coisa como explico a seguir!

 

La guardiã e as suas festas do Monte, animadíssimas, pelo que pude perceber. À hora do almoço já toda a gente estava a cair para o lado completamente alcoolizada por litros e litros de vinho tinto, bebido ao som dos tambores que eles próprios tocavam. Em Sanxenxo e apesar do nevoeiro a praia estava cheia! De seguida a Isla Toxa, um sítio lindo onde sonhamos todos comprar lá um pedaço de terra para plantar lá uma casinha. E o Grove. Depois Santiago, e uma noite a experimentar chupitos de ervas e a rever as ruas, e os lugares onde já tinha estado e na manhã seguinte o abraço ao Santo e uma pequena conversa a ver se me guia no caminho da vida. Antes de uma visita rápida a Ribadeo passamos pela famosa Praia das Catedrais que é linda e maravilhosa! Continuamos a seguir a costa até Luarca, uma cidade piscatória pequenina mas muito bonita, onde encontramos mais uma festa, desta vez com orquestra à beira-rio e barraquinhas de petiscos e bugigangas. Espanha está sempre em festa, não hajam dúvidas! Depois de uma busca intensiva para arranjar onde dormir, encontramos um pequeno hotel muito simpático onde passamos a noite, jantamos e bebemos mais um chupitozito, desta vez Crema de Orujo. No dia seguinte seria o ultimo dia de fim-de-semana mas ainda havia muito para ver. Apesar do tempo cinzento fomos na mesma conhecer as praias de Otur, onde apenas os surfistas mais atrevidos trocavam de roupa. Não me pareceu que tivessem curtido grandes ondas, porque o mar era a personificação da calma, mas está bem, sempre deu para ver os rapazes a trocar de roupa! Depois o Cabo das Penas, um dos lugares mais bonitos e impressionantes que já vi na minha vida, pela altura que impõe respeito e pela beleza do cabo em si e da vista que daí se pode ter! Por fim Gijón, uma cidade grande e bonita onde hei-de voltar um dia, para conhecer melhor e quem sabe começar daí o Caminho do Norte para Santiago.

 

Ficaram-me muitas memórias, nomeadamente as digitais, que um vírus quase, quase destruiu, mas não conseguiu. Ficaram-me as lembranças de conversas mais ou menos sérias, mas sempre boas. Ficaram-me as palavras novas aprendidas e os novos sabores provados. Ficou-me o desejo intenso de voltar um dia a percorrer aquela costa e nadar naquele mar, de conhecer melhor as cidades e palmilhar os montes altos e verdes que não pude tocar.

           

 

 



publicado por magnolia às 11:02
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Quarta-feira, 17 de Agosto de 2011
Só para saberes...

 

..que te de-tes-to!!!!


tags:

publicado por magnolia às 12:06
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sábado, 13 de Agosto de 2011
Este blog vai de fim-de-semana!

Primeira paragem:

 



publicado por magnolia às 03:07
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011
Não gosto de Agosto...

imagem retirada da net

 

 

 

 

…que leva as minhas pessoas para longe de mim… Que mas arranca sem pena dos meus olhos e dos meus abraços…

 

Todavia, nunca do meu coração…

 

Gosto que estejam por perto, debaixo dos meus olhos. Gosto de lhes ver os sorrisos. Gosto de lhes ouvir dizer palavras mesmo que não queiram dizer coisa nenhuma. Gosto de lhes sentir o calor da pele nos abraços trocados como se não nos víssemos há muito tempo. Gosto de saber que estão aqui. Perto.

 

Não gosto do Agosto que me rouba as tardes tranquilas de leitura à beira-mar e os passeios serenos pela marginal no fim da tarde. Não gosto que me roubem o prazer de ter o pôr-do-sol só para mim nem dos constantes arremessos de ruídos poliglotas que me ferem os ouvidos… 

 

Gosto de sentir o silêncio na pele. Gosto de ouvir apenas o mar e as gaivotas aos gritos quando rasam a espuma salgada na areia. Gosto de passear pela cidade e conseguir ouvir os restolhar das folhas nas copas das árvores. Gosto de ver caras que vejo todos os dias sem nunca termos dito um olá. Gosto de chegar depressa à praia e a casa e ao supermercado.

 

Não gosto do vento que vem com Agosto. Não gosto do vento que levanta a areia e me obrigada a vestir um casaco. Não gosto que os dias já comecem a ficar mais curtos…e me deixem menos tempo para viver.

 

Gosto do calor morno do Verão sem vento. Das tardes passadas a ler na praia sem pára-vento. Gosto de poder ver o que me rodeia, de levantar os olhos do livro e ver a imensidão de azul e de por momentos ser levada pela brisa para outras paragens. Gosto de passear pelas ruas da cidade com calma, passar nos jardins e de ouvir os pássaros chilrear sem descanso. Não gosto que o vento me lembre que em breve se irão embora…

 

Agosto não é ao meu gosto. Não gosto. De verdade que não gosto.

  



publicado por magnolia às 13:42
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2011
Análise SWOT

 

 

vou fazer a análise SWOT da minha vida.

 

estou com medo curiosidade de ver o me vai dizer... 



publicado por magnolia às 11:52
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 10 de Agosto de 2011
Importante



publicado por magnolia às 10:58
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 9 de Agosto de 2011
Tempo

imagem retirada da net

 

Por vezes acordo com um medo irracional da morte. Não, minto, não é da morte que tenho medo. É, isso sim, de não saber quanto tempo terei até lá. Seja quanto tempo for que consiga imaginar que terei, parece-me sempre muito pouco. Num segundo, passa-me diante dos olhos todas as pessoas de quem gosto e aqueles que amo de paixão, os que ainda irão nascer e de quem irei gostar, os sítios que não fui, os livros que não li, o amor que ainda não tive. Como posso fazer tudo  o que quero e preciso em tão pouco tempo? E se ainda for menos do que imagino? E se a morte for mesmo o fim e depois não existir nada?

 

Eu sei que a vida continua sem mim... mas eu queria tanto ter as pessoas de quem gosto na minha vida para sempre... e queria continuar na vida das pessoas de quem gosto... 

 

Não gosto de pensamentos recorrentes...mas deste, menos ainda... Faz-me doer como se tivesse um estilete espetado no crânio ou ácido a corroer-me as entranhas...

 

 



publicado por magnolia às 15:12
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Segunda-feira, 8 de Agosto de 2011
Despedida

 

 

 

 

 

Não te deixo ir embora assim facilmente

Não quero que partas para longe dos meus olhos

Mas se um dia tiver mesmo que ser

Deves deixar comigo um pedacinho de ti

Porque, na verdade,

Também levas contigo um pedacinho de mim…

O último abraço será mais demorado

Porque quero decorar a forma do teu abraço

E o último olhar também será mais demorado

Porque quero reter a forma do teu rosto

E deves dizer algo, não importa sequer o quê

Porque preciso gravar o som da tua voz…

Não quero que partas para longe dos meus olhos

Mas se um dia tiver mesmo que ser,

Não digas adeus

Diz antes que voltarás um dia

Para buscar o pedacinho de ti que deixaste em mim

Se for verdade, hei-de ser feliz depois

Se não for verdade não serei tão infeliz agora…

Não quero que partas…

 

cláudia moreira 



publicado por magnolia às 17:53
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Sexta-feira, 5 de Agosto de 2011
Dia de Outono - Rilke

 

 


Senhor, foi um verão imenso: é hora.
Estende as tuas sombras nos relógios
de sol e solta os ventos prado afora.
Instiga a sazonarem, com dois dias
a mais de sul, as frutas que, tardias,
conduzes rumo à plenitude, e apura,
no vinho denso, a última doçura.


Quem não tem lar já não terá; quem mora
sozinho há de velar e ler sozinho,
escrever longas cartas e, a caminho
de nada, há de trilhar ruas agora,
enquanto as folhas caem em torvelinho.

 

 

Rainer Maria Rilke
 
 


tags: ,

publicado por magnolia às 14:20
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 4 de Agosto de 2011
A tua voz...

imagem retirada da net

 

 

 

É a tua voz que me acaricia a pele em noites frias

Sinto-a, morna, no meu rosto a cada palavra tua

E nos meus lábios, é como se mos beijasse

Languidamente, sem nenhuma pressa nem pudor,

Depois, não tenho como negar

Que o abraço terno em que me envolve

Me deixa sem chão, perdida, dormente…

A tua voz um pouco rouca beija-me a nuca e desce

Desce numa carícia prolongada e feliz

Descobrindo caminhos estreitos no meu corpo

E avançando sem receio do que haverá por descobrir…

E eu, então, sorrio.

Depois, mesmo que cales a voz que me aquece por dentro

Fica o eco noite fora e eu, ainda sorrindo, fecho os olhos e adormeço…

 

 Cláudia Moreira


tags:

publicado por magnolia às 12:37
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds