Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008
Chegou o fds! Finally!!


sinto-me: cansada desta semana...

publicado por magnolia às 17:06
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quinta-feira, 15 de Maio de 2008
Um passo à frente dois atrás

Segunda-feira da semana passada fui a minha medica de família, porque tinha umas análises para mostrar há mais de um mês. Chego lá ao centro de saúde e faço a inscrição. Quando cheguo lá dentro e diz a minha médica:

- Que é a que menina está cá a fazer? A sua consulta é dia 8!

Eu olho incrédula para ela e digo:

- Pois, dia 8 é hoje!

Gargalhada geral (estavam lá duas funcionarias e a medica)!

-hoje é dia 5 de Maio, filha!

Fiquei de cara à banda, como se costuma dizer….

Tinha marcado a tarde de folga de propósito, olhei para o papel da consulta 20 vezes e mesmo assim apareço lá no dia errado! Creio que isto atesta o quanto ando cansada da minha cabeça…

Tinha ido lá há um mês atrás a queixar-me de coisas que me continuo a queixar hoje. Sinto-me cansada, com lapsos de memória, e doem-me muito as costas, as mãos e os pés. Custa-me dobrar os dedos e para começar a andar pareço uma velhinha de 80 anos. Tem que ser a pisar ovos, devagarinho até a dobra do pé se habituar ao esforço. A médica mandou fazer análises gerais e mais umas especificais para descobrir se as dores se devem ao reumatismo…

Resultado: está tudo bem, não tenho nada…

No entanto as dores não desapareceram e continuo cansada e com dificuldade em pensar com clareza.

Disse-me que era tudo da minha cabeça e aconselhou-me a voltar a minha médica psiquiatra, para ela me dar uma ajudinha com palavras e mais dose de anti-depressivos (ando eu há dois anos a retirar para agora aumentar).

Não sei que fazer…não sei se vou para a esquerda se vou para a direita…

 

Magnólia indecisa

 


sinto-me: como o tolo em cima da ponte

publicado por magnolia às 12:43
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 14 de Maio de 2008
Pingos de chuva

 


 



 


(Imagem retirada da net)


 


Ouço os pingos de chuva lá fora


Que caem um a um sem parar


São tristes e fazem-me chorar


Queria que a chuva fosse embora


 


Para não me fazer assim lembrar


Que estou sozinha neste mundo


E que isso dói bem lá no fundo


Saber que não tenho a quem amar


 


E quero calar este pensamento


E o vento e a chuva fazer parar


Que as estrelas voltem a brilhar


Em esplendor no firmamento


 


Estou tão cansada de esperar


Meu amor, minha cara-metade


Nem vale a pena em boa verdade


Sei que nunca te hei-de encontrar


 


Ainda pensei encontrar-te um dia


Numa dessas estrelas brilhantes


Que passam na noite errantes


E fazem da noite bela e luzidia


 


Não, nunca te vi, nunca chegaste


Por outras paragens deves andar


Outra pessoa, outra vida a alegrar


Sinto apenas que me abandonaste


 


Acho que te perdi e jamais te irei ter


Assim nos meus braços enlaçado


Perdi-te sem nunca te ter amado


Pelo menos enquanto assim chover...


 


 


Magnolia


14-05-2008


 



publicado por magnolia às 22:47
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Pecados...

Hoje vou cometar um pecado! O pecado da gula! Para contrariar a tendencia negativa dos meus pensamentos, vou deliciar o paladar ao almoço com esta bela francesinha especial! Perdoa-me meu Deus...mas a carne é fraca e a francesinha deliciosa!

 

 

Querem vir?

 

 


sinto-me: esquisita

publicado por magnolia às 12:05
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Terça-feira, 13 de Maio de 2008
Divagações matinais…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quero escrever mas não me saem as palavras certas. Ficam aqui perdidas entre a minha cabeça e os meus dedos que as deveriam passar às teclas do computador. Estou tão cansada que não consigo focar o meu pensamento nos assuntos como deveria. Do corpo estou cansada, mas com o passar do tempo isto melhora. Este fim-de-semana foi duro e ainda estou na ressaca de 20 horas de trabalho seguido. O cérebro é que está pior. Não ordena ideias. Andam aqui dentro deste crânio aos saltos, como se fossem pulgas de circo. Quero pensar com clareza e apenas vejo nuvens negras tornando difícil vislumbrar soluções. É duro ser mulher neste século, neste país, é duro ser mãe e pai ao mesmo tempo, é duro trabalhar tanto e mesmo assim saber que o dinheiro não chega para tudo, é duro saber que se chegou aos 34 sem realizar sonhos, sem ter vivido quase nada, é duro ter sonhos de menina e vida de mulher feita. Enfim, é duro viver. Creio que é duro para muita gente, se descontarmos as pessoas que vivem desafogadamente e fazem ferias seis vezes no ano e nem sabem o que é procurar em todos os bolsos dos casacos guardados no guarda-fatos, trocos para comprar pão, se não contarmos com esses, a vida não é fácil para todos nós. Não me quero queixar mais do que devo, não quero ser alguém mal-agradecido pelo que tem, preciso apenas de desabafar de vez em quando. Deixar sair as frustrações, o cansaço, os amargos de boca. Exorcizar estes fantasmas. Lavar a minha alma.

Já não sei o que é sair com alguém, jantar fora, passear. Já não sei o que é sair com os amigos a noite, conversar, rir, sair para dançar. Já não sei o que é ter alguém que ligue para dizer, estou aqui, pensei em ti. Tenho saudades de ir ao cinema, de comer pipocas (e eu nem ligo nada), de passear no shopping, mesmo sem comprar nada.  E o mais certo é que tão cedo isto não volte a acontecer. Não tenho tempo de viver. Agora o meu tempo é todo passado a trabalhar ou em casa com os miúdos. E se penso em sair e deixa-los nalgum sítio, fico logo com um sentimento de culpa tão grande que já não me apetece ir para lado nenhum. Estou farta de sentir que só me queixo, de sentir que não consigo estar feliz, mesmo estando a resolver a minha vida, estou cansada de estar cansada…

 

Magnólia em divagações

(imagem retirada da net)


sinto-me: cansada

publicado por magnolia às 11:31
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Segunda-feira, 12 de Maio de 2008
Michael

Ontem andava a arrumar a mala do meu carro e redescobri o meu CD do Michael Bublé. Engraçado que há pouco tempo me tinha lembrado dele. A Jo daqui comentou o meu post do Josh Groban e disse que ia ver o Michael! Sortuda! Canta tão bem aquele homem…

Depois chamam-me romântica e melosa e lamechas…

 

Deixo aqui a minha música preferida dele….

 

http://www.youtube.com/watch?v=fDQnkYwfNfk

 

Another summer day
Has come and gone away
In Paris and Rome
But I wanna go home
Mmmmmmmm

Maybe surrounded by
A million people I
Still feel all alone
I just wanna go home
Oh, I miss you, you know

And I've been keeping all the letters that I wrote to you
Each one a line or two
"I'm fine baby, how are you?"
Well I would send them but I know that it's just not enough
My words were cold and flat
And you deserve more than that

Another airplane
Another sunny place
I'm lucky I know
But I wanna go home
Mmmm, I've got to go home

Let me go home
I'm just too far from where you are
I wanna come home

And I feel just like I'm living someone else's life
It's like I just stepped outside
When everything was going right
And I know just why you could not
Come along with me
'Cause this was not your dream
But you always believed in me

Another winter day has come
And gone away
In even Paris and Rome
And I wanna go home
Let me go home

And I'm surrounded by
A million people I
Still feel all alone
Oh, let me go home
Oh, I miss you, you know

Let me go home
I've had my run
Baby, I'm done
I gotta go home
Let me go home
It will all be all right
I'll be home tonight
I'm coming back home

 

 

(Já tentei 30 vezes e nao consigo copiar do Youtube hoje)


sinto-me: Nostalgic

publicado por magnolia às 17:58
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Sábado, 10 de Maio de 2008
Coisas que não entendo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Depois de muito matutar no assunto, resolvi escrever sobre uma coisa que muito me incomodou ontem. Há coisas que não entendo e uma delas é o que leva a uma pessoa estragar um momento especial de outra, e para cúmulo, outra que nem sequer sabe quem é, nunca viu, nunca lhe fez mal. Como escrevi no post anterior, fiz um grande esforço para conseguir tirar o 12º ano. Foram horas de sacrifício de sono, de momentos com os meus filhos, de convívio com pessoas, etc. E fiquei muito contente por finalmente ter conseguido atingir esse objectivo. Não escrevi no blog para me “armar”, apenas e à semelhança do que tanta gente faz, escrevi o que sentia, escrevi para os meus recentes amigos saberem o que se vai passando comigo. De maneira que ontem, depois de ter recebido alguns comentários de parabéns em que senti tanto carinho por parte de pessoas que nem sequer me conhecem pessoalmente, recebo um comentário de uma pessoa anónima a dizer simplesmente isto: “Passaste na prova oral porque não leram este post. Victoria? Com C?”

Vieram-me as lágrimas aos olhos, fiquei triste. Que mal fiz eu a esta pessoa? Será que esta pessoa nunca errou? Nunca deu um erro a escrever? Eu até sabia que não era assim, mas estava distraída e à semelhança de escrever “Victor”, escrevi victoria em vez de vitória, e não passei o dicionário porque nem me passou pela cabeça que alguém fosse estar a reparar nisso em vez de reparar no conteúdo!

Fiquei triste com isto, com esta pequenez de alma. Nunca eu seria capaz de apontar este tipo de coisas a alguém assim do nada. Friamente. Sem apelo nem agravo.

Serei eu que estou demasiado sensível a estas coisas? Ou será que toda a gente ficaria triste com este tipo de observação? Estava nesse momento a falar com um amigo e contei-lhe, e ele disse que eu deveria ser superior a isso. Mas é difícil, ainda não consegui deixar de pensar nisso…

Gostava de entender estas coisas que não entendo…

 

Magnólia

 

 


sinto-me: sem perceber

publicado por magnolia às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

Quinta-feira, 8 de Maio de 2008
Consegui!! :-)

imagem retirada da net

 

E pronto, já está!! Consegui fazer a prova oral de Português e terminar a disciplina com 15 valores!! Foi o final desta epopeia de estudos pela noite dentro, à hora do almoço, nas filas dos bancos e no centro de saude!  Estou muito contente por ter conseguido terminar o 12º ano. Foi uma victoria pessoal muito saborosa, porque foi muito dificil de conseguir. Mas valeu  a pena, quanto mais não seja pela realizaçao pessoal. Agora, um dia espero ter forças e condiçoes para ingressar no ensino superior. Mas logo verei, não posso dar passos maiores do que as pernas. Agora estou contente com o que fiz, muito contente mesmo:-) Vim da escola até casa o tempo todo a sorrir!

A Ana estava na minha mãe à minha espera e quando me viu deu um salto e perguntou: Mamã! Conseguiste???? E deu-me um abraço e um sorriso lindos, lindos!!! O André não me perguntou, fiquei meio zangada e perguntei: Não vais sequer perguntar como correu o exame?

- Para que? Já sei que conseguiste!!! Eu sei que consegues sempre! :-) (ele estava amuado porque o mandei sair do PC para me ajudar a arrumar, mas ele tem sido um dos meus grandes apoiantes nos estudos!)

 

Quero agradecer aos meus filhos, à minha mãe, às minhas irmãs e a todos os amigos que me tem dado forças para continuar a lutar por uma vida melhor!

 

Beijinhos e abraços

 

Magnolia muito contente


sinto-me: contente

publicado por magnolia às 23:32
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Ai que já tenho o estomago as voltas...

...com os nervos!!! Falta uma hora e trinta minutos para a prova oral!! Não posso fazer outra escrita?!?!?!? :-z

 


sinto-me: ansiosa

publicado por magnolia às 17:57
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito

Quarta-feira, 7 de Maio de 2008
O Maias e uma Abelha na chuva

Já tinha lido Os Maias duas vezes antes sequer de ser necessário, por gosto. Gosto muito da escrita de Eça de Queirós e os Maias é talvez a obra mais brilhante deste autor. Foi bom ter lido e gostado porque me ajudou agora no ultimo exame que fiz de Portugues! Já nem sequer precisei de ler o livro de novo. Bastou ler duas ou três paginas e a história voltou toda à memoria:-)

Tive que ler tambem o livro de Carlos Oliveira "Uma abelha na chuva" e adorei o livro! Embora não seja um livro escrito na actualidade, aborda um tema que continua a ser actual. A opressão do mais fraco pelo mais forte, a luta de classes, o poder do dinheiro e da posição social. As injustiças da vida, a tristeza de quem é obrigado a obedecer, a ingratidão, o destino que nos marca a ferro e fogo. É a historia de um homem que não é amado pela sua mulher que vem de uma classe social alta, mas falida, mulher essa que se sente atraiada pelo cocheiro. O cocheiro ama Clara, uma mulher pobre mas rica de qualidades. Um dia por fatalidade do destino o marido ouve uma conversa entre o cocheiro e a namorada em que o cocheiro se gaba de ser olhado pela patroa com olhos gulosos e resolve preparar uma vingança. Ele acusa o cocheiro ao pai da rapariga, e este ao saber que o cocheiro dorme com a filha, arranja maneira de o matar. A filha ao saber da morte do amado atira-se ao poço e morre. Uma historia intensa, cheia de sentimentos intensos e personagens intensas.

E pronto, duas obras para a escola que ninguem gosta de ler e eu gostei...tal como o meu filho chama ao colegas eu tambem devo ser: uma nerd!!! :-)

Boa noite a todos os bloguistas:-)


sinto-me: um pouco nerd

publicado por magnolia às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds