Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Quarta-feira, 18 de Junho de 2008
Incógnita

Agora que o momento da verdade se aproxima, sinto-me cada minuto que passa mais ansiosa.

A escola termina dia 20 e já não há mais nada a fazer em relação ao aproveitamento do André. Este ano foi muitíssimo complicado. E eu tenho a sensação, quase certeza de que vai reprovar…uma parte por culpa dele outra parte por culpa da natureza. No primeiro período ele esteve em casa quase dois meses com a doença de Osgood Slaughter, que é uma doença de crescimento mais comum nos rapazes, que afecta os joelhos e provoca dores que dificultam os movimentos. Ou seja, ele perdeu bastante tempo nessa altura. Mas depois disso, fui à escola e falei com a DT e ela achou que ainda nada estava perdido e que se ele se esforçasse um pouco passava sem problemas. Bem, o certo é que tirou negativas no primeiro período e no segundo não recuperou todas. Matemática é uma desgraça, ele não gosta. Até o pus na explicação e embora tenha melhorado e até tenha conseguido 84% no teste intermédio nota-se que há muito ainda para aprender. Quanto ao resto…não gosta de história, não gosta de francês, não gosta de estudar…ele é um miúdo inteligente, bastante até, mas não gosta de estudar, não gosta de passar algum tempo em frente aos livros a perceber a matéria. O 8º ano também não é dos mais fáceis, nem os 14 anos são os mais fáceis na vida de alguém.

Enfim….é uma autentica incógnita neste momento saber se ele passa de ano ou não. Eu estou numa ansiedade terrível, já me vejo a gastar mais 200 euros em livros, mais não sei quanto em material escolar, mais um ano inteiro a dar-lhe dinheiro todas as semanas…um ano inteiro perdido em tempo e dinheiro. E acima de tudo, um ano inteiro de atraso para ele, para a vida dele. Se for para a faculdade, será um ano mais tarde, se for trabalhar será um ano mais tarde. Vai passar um ano inteiro a ouvir as mesmas coisas. Os colegas que o acompanham desde a primária vão seguir em frente, vão separar-se…

Enfim…eu bem queria não pensar nisto…mas é tão difícil…

 

 


sinto-me: sem saber o que pensar

publicado por magnolia às 11:13
link do post | comentar | favorito

14 comentários:
De me a 18 de Junho de 2008 às 11:47
Olha tens de encarar isso com alguma tranquilidade (embora seja mais fácil dizer do que fazer), pode até servir para ele daqui para a frente seguir mais preparado! Não?

Quando eles passam de ano mal preparados, vão ressentir-se mais à frente!

Bjokinhas


De magnolia a 18 de Junho de 2008 às 23:33
Eu até sei isso....mas na prática custa tanto pensar nisso...

Obrigada



De Inês a 18 de Junho de 2008 às 14:37
Ola ! :)

Ás vezes é melhor repetir um ano do que depois andar os anos seguintes "aleijado", como se costuma dizer e no 9.º ano , tal como em todos os anos, é preciso ter a matéria toda de trás, tanto por causa dos exames nacionais como dos exames globais a todas as disciplinas que de vez em quando aparecem. :S Mas repetir um ano, dar tudo outra vez é tramado :X

Beijinhos


De magnolia a 18 de Junho de 2008 às 23:34
Eu nunca repeti, mas imagino o que seja, eu iamgino..:x

Ja vou ao teu blog saber dos teus exames...

beijinhos


De ssbpt a 18 de Junho de 2008 às 15:09
Tens de ter paciência e pensar que até pode ser o melhor para ele, se não passa de ano com as bases todas no ano seguinte vai ser mais complicado recuperar, mais vale chumbar este ano e passar a perceber a matéria.
Beijocas enormes


De magnolia a 18 de Junho de 2008 às 23:36
SEja como já nada ha a fazer...só me resta mesmo saber o resultado...mas se passar, no ano que vem, vou ter que criar umas certas novas regras...vou vou...

Beijinho para ti e outro para a linda Ines:)


De simplesblog a 18 de Junho de 2008 às 15:19
Li todo o seu blog, cheguei até ele por acaso e revi-me em quase tudo o que escreve. Desde já os meus parabéns pela transparência que demonstra e pelo sentido altruísta que tem da vida.
É uma boa mãe e como tal quer o melhor para os seus filhos; nenhuma mãe (por já saber o que é) quer ver os filhos a sofrer com uma ou outra desilusão. Também sou (apenas com 6 anos ) e preocupo-me bastante quando ele levemente se queixa de algo que aconteceu na escola com um ou outro colega. Temos de os ajudar e preparar para tudo.
Muitos parabéns e muita força.


De magnolia a 18 de Junho de 2008 às 23:37
Obrigada por todas as palavras simpaticas:)

Beijinhos e volta sempre que queiras


De Cris a 18 de Junho de 2008 às 20:04
Olá Magnólia!

Hoje em dia um ano já não faz tanta diferença na vida de um jovem... eles cada vez entram no mercado de trabalho muito mais tarde! Faz-lhe bem, talvez recuperar o ano e as matérias perdidas... não acho negativo um jovem na idade do teu filho reprovar... o pior é mesmo a questão monetária, repetindo gastos que seriam desnecessários...
Por outro lado (ponto de vista de professora!) acho que ele não vai reprovar... somos sempre (demasiado) benevolentes nos finais de ano... e não estou a referir-me particularmente ao teu filho, falo de um modo geral... tenho visto (sem concordar) alunos com seis e sete negativas passarem de ano...

Tem fé que no final tudo se compõe!

Beijinhos grandes (também para a Ana e para o André!)


De magnolia a 18 de Junho de 2008 às 23:42
Obrigada minha querida amiga,

eu sei que tens razão, e que se ele não está bem preparado devia repetir....mas eu penso no dinheiro e penso que ele ficando para trás se vai sentir mal em relação aos amigos e eu já me custra lidar com os problemas que tenho, não me dava jeito nenhum mais um...

Mas as tuas palavras já me deram um certo alento:)

Beijinhos para ti e para o Duartinho e para o Nuninho


De Márcio Branco a 18 de Junho de 2008 às 20:51
Gostaria de ver a situação pelo ponto de vista do filhote :-) Eu recordo-me a vez em que tive de repetir o 12º ano, não porque fosse mau aluno ou desleixado mas porque uma situação de foro pessoal me fez desanimar e perder durante uns meses a vontade de estudar. A conclusão é que repeti e senti uma enorme frustração porque via nos meus pais o desanimo disso ter acontecido, das frases das pessoas mais proximas e dos amigos que deixaram de ser amigos porque chumbei mas vou ser bastante sincero eu não me esqueço é da tristeza dos meus pais que para eles passar era sempre algo de obrigatório.
Agora vejo as coisas de outra forma e chumbar até pode ser bem positivo mas o que gostaria de dizer é que se for o caso de ele repetir o ano é dar-lhe toda a força do mundo e não dramatizar, incentivar e encorajar para que no proximo ano tudo melhore. mesmo que isso seja um encargo maior, mesmo que isso custe um pouco mais, penso que isso são coisas para se dizer mais tarde e para fazer a reflexão noutro periodo que não no momento.
E ele não vai chumbar nada :-)


De magnolia a 18 de Junho de 2008 às 23:43
Vou pensar bem e levar em considerçao as tuas palavras..e ver como reagir se ele realmente reprovar....

Obrigada Marcio!

Beijinhos


Ps: cada dia mais pertinho..:)


De Márcio Branco a 19 de Junho de 2008 às 07:54
Simmmmm!!!! O tempo voa :-) É uma fase super gira porque cada dia existem situações novas para resolver e mal uma fica ok surge logo outra para dar solução. Só no dia é que fica mesmo tudo resolvido :-)


De jcm-pq a 21 de Junho de 2008 às 17:03
Olá Magnólia!

A sua vida parece bastante complicada!. Como se não bastassem a solidão e os dias tristes que a acompanham, ainda tinha de vir o problema escolar do seu filho. De facto é mais um ano de gastos (dinheiro, tempo ….). Mas, avançar sem bases sólidas é um adiamento!... Preocupante é ele não gostar de estudar!. Faça um esforço (mais um) no sentido de o motivar ao gosto pelo estudo!. Os 14 anos de idade não vão durar sempre!. Se conseguir, já viu a vitória que é?!. Força Magnólia!
Jcm-pq


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds