Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Terça-feira, 20 de Maio de 2008
Uma professora em Katmandu

Acabei de ler agora e adorei...

 

imagem retirada da net

 

 

É o relato da vida e obra de Vicki Sherpa, uma cidadã espanhola que visita o Nepal e fica tão impressionada com a extrema pobreza em que vivem as crianças nepalesas que resolve ir viver para lá e abrir uma escola com o intuito de ajudar algumas dessas crianças. Vicki Sherpa Subirana conseguiu o seu propósito, fundou uma ONG, criou varias escolas, incluindo uma escola de formação de professores para continuarem o trabalho dela...fez um trabalho notável esta mulher, e tem um coração do tamanho do mundo!

Leiam que vale a pena!


sinto-me: esperançada na vida

publicado por magnolia às 14:42
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De ssbpt a 20 de Maio de 2008 às 15:19
Eu já li esse livro, e tal como tu também adorei.
Também recomendo.
Beijocas


De João Cordeiro a 20 de Maio de 2008 às 16:04
Pois é!
Descobri este teu cantinho... agora tens de me aturar...

Sem dúvida um "grande" livro, uma grande mulher e uma grande obra. Pena é que não existam mais Vicki Sherpa, pois certamente o mundo seria um pouco melhor.
Como prenda ofereço-te um texto que faz parte do meu livro que contra tudo e todos consegui editar.

Insónia inquietante!

Deito-me, passados minutos, levanto-me.
Bebo água. Levanto-me, abeiro-me da janela, espreito o silêncio da rua, por estes dois andares abaixo de mim.
Olho o céu, num incómodo em mim que não reconheço viro-lhe as costas.
Creio que esta noite as estrelas me cansam.
O meu olhar bate na cama que não me chama. Deito-me, viro-me, reviro-me, tapo-me, volto a destapar-me.
Estou incerto hoje, não sei de mim, abro os olhos perante a escuridão convencendo-a de que não a temo.
À minha frente a mão vazia que se estende na direcção do candeeiro da mesa-de-cabeceira sustenho o gesto...
Levanto-me novamente.
Há pelo menos os candeeiros da rua, aqueles do outro lado. Por momentos, distraio-me. Não sei de mim.
Abro a janela para que o frio me aqueça a alma. Um vento que vem de longe, uma memória que faz com que o meu rosto fique gélido.
Queria voar daqui para fora, lançar-me no vento, acalmar esta impaciência, esta inquietação.
Sento-me numa cadeira em frente da mesa. Deito ao papel palavras como se cravasse os dentes na tua pele, mansamente, vorazmente, suavemente.
Levanto-me, abandono tudo. O vento faz as cortinas esvoaçarem. A suave luz dos candeeiros está ali, do outro lado da rua.
Permaneço a meio caminho indeciso entre os lençóis revirados da cama e as estrelas caóticas no céu.
Não sei de mim esta noite. As estrelas chamam-me o olhar. A cama suplica-me com a quietação.
Olho as árvores, que quase quebram com a força descomunal do vento. Escuto aquele sopro. Aquela agitação certamente quer falar comigo. Quer transmitir-me notícias do mundo.
E eu, na minha triste solidão, oiço os seus desabafos que não me trazem novidades. Apenas e sempre me fazem ver e sentir os lamentos da vida humana.
Pressinto o sofrimento do outro lado do mundo, igualzinho ao deste lado de cá.

Vejo crianças com fome, mães que no seu choro dizem-me tanto do seu sofrimento.
Sofrimento que me despedaça o coração, como uma enorme pancada.
Se Existes, como é possível meu Deus andares tão frio e distraído!
Vejo sem abrigos, sem sustento iguais aos da minha cidade, deste lado de cá do mundo.
Vejo mortos que se espalham por todo o lado numa cena dantesca.
Aqui, a guerra mostra as garras do mal com todo o seu cinismo.
O vento vai-me falando, dizendo, e mostrando toda a miséria da vida.
Eu, em silêncio o escuto sem vacilar, e vou deitando lágrimas de raiva por este pobre mundo, que dos dois lados não tem juízo!
Como posso descansar? Acalmar esta constante inquietação?
Eu, não sei! E Tu sabes?


Um beijo

JC


De Cris a 20 de Maio de 2008 às 17:23
Mais um a acrescentar à minha interminável lista! Já tinha ouvido falar mas ainda não o li, pelas tuas palavras parece interessante...

Um beijinho


De Márcio Branco a 20 de Maio de 2008 às 20:40
Mais do que um livro é uma excelente descrição de como é possivel criar algo de bastante significativo, não é para todos porque nem todos estaremos destinados a estes feitos memoráveis mas pelo menos podemos sempre apreciar estes gestos indescritiveis de alguém que na sua humanidade consegue superar-se e superar os seus semelhantes.


De espaço da raquel a 21 de Maio de 2008 às 12:15
Mais um para acrescentar à minha listinha mas eu não consigo, á noite tenho tanto
beijo bom para ti


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links

Uploaded with ImageShack.us
A minha obra:-)
Image Hosted by ImageShack.us
By magicmagnolia
Statistic
Procuras alguma ideia em especial?
 
Quantos andarão por aqui?
web counter
Pub
Ideias em pelicula
Que horas são?


blogs SAPO
subscrever feeds