Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Terça-feira, 13 de Maio de 2008
Divagações matinais…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quero escrever mas não me saem as palavras certas. Ficam aqui perdidas entre a minha cabeça e os meus dedos que as deveriam passar às teclas do computador. Estou tão cansada que não consigo focar o meu pensamento nos assuntos como deveria. Do corpo estou cansada, mas com o passar do tempo isto melhora. Este fim-de-semana foi duro e ainda estou na ressaca de 20 horas de trabalho seguido. O cérebro é que está pior. Não ordena ideias. Andam aqui dentro deste crânio aos saltos, como se fossem pulgas de circo. Quero pensar com clareza e apenas vejo nuvens negras tornando difícil vislumbrar soluções. É duro ser mulher neste século, neste país, é duro ser mãe e pai ao mesmo tempo, é duro trabalhar tanto e mesmo assim saber que o dinheiro não chega para tudo, é duro saber que se chegou aos 34 sem realizar sonhos, sem ter vivido quase nada, é duro ter sonhos de menina e vida de mulher feita. Enfim, é duro viver. Creio que é duro para muita gente, se descontarmos as pessoas que vivem desafogadamente e fazem ferias seis vezes no ano e nem sabem o que é procurar em todos os bolsos dos casacos guardados no guarda-fatos, trocos para comprar pão, se não contarmos com esses, a vida não é fácil para todos nós. Não me quero queixar mais do que devo, não quero ser alguém mal-agradecido pelo que tem, preciso apenas de desabafar de vez em quando. Deixar sair as frustrações, o cansaço, os amargos de boca. Exorcizar estes fantasmas. Lavar a minha alma.

Já não sei o que é sair com alguém, jantar fora, passear. Já não sei o que é sair com os amigos a noite, conversar, rir, sair para dançar. Já não sei o que é ter alguém que ligue para dizer, estou aqui, pensei em ti. Tenho saudades de ir ao cinema, de comer pipocas (e eu nem ligo nada), de passear no shopping, mesmo sem comprar nada.  E o mais certo é que tão cedo isto não volte a acontecer. Não tenho tempo de viver. Agora o meu tempo é todo passado a trabalhar ou em casa com os miúdos. E se penso em sair e deixa-los nalgum sítio, fico logo com um sentimento de culpa tão grande que já não me apetece ir para lado nenhum. Estou farta de sentir que só me queixo, de sentir que não consigo estar feliz, mesmo estando a resolver a minha vida, estou cansada de estar cansada…

 

Magnólia em divagações

(imagem retirada da net)


sinto-me: cansada

publicado por magnolia às 11:31
link do post | comentar | favorito

12 comentários:
De mamaepedro a 13 de Maio de 2008 às 11:48
Ai miga, a vida realmente não é nada fácil e a tua situação muito menos. Fazes bem em desabafar, afinal um blog é para isso mesmo, e nós estamos sempre aqui para te dar força e coragem e te animar um bocadinho o dia a dia.

Beijinhos


De magnolia a 13 de Maio de 2008 às 15:20
Obrigada Cila,

Nunca pensei encontrar amigos por aqui...mas estou muito contente por ter encontrado...



De ssbpt a 13 de Maio de 2008 às 11:52
Realmente não tens tido uma vida fácil, isso é verdade, mas és uma rapariga nova e de certeza que melhores dias virão. Tens força suficiente para superares estes dias maus e seguir em frente. Beijocas


De magnolia a 13 de Maio de 2008 às 15:21
Espero que tenhas razão em tudo o que disseste:-) Mesmo sobre o "rapariga nova"...:-)

beijinhos


De me a 13 de Maio de 2008 às 12:37
Então o que é isso? Ânimo lá para cima!

Olha eu acredito que ninguém tem a vida facilitada, todos nós temos problemas que nos atormentam. E que são raros os verdadeiros momentos de felicidade!

Eu, felizmente, não tenho grandes problemas de dinheiro - assim eu não entre em loucuras - no entanto tenho problemas no trabalho (o que me pode pôr numa situação tão complicada como a tua em qualquer momento), estou doente e tenho o meu pai novamente internado desde sexta.

Acredita que todas as pessoas trazem uma pedra no sapato, mesmo que não digam.

E quanto a ti ainda és nova [eu sou mais cota... tenho mais dois anos :)], és bonita e tens força de vontade. Hás-de conseguir realizar os teus sonhos, ainda que agora te pareça que não.

Beijinhos e desculpa o testamento.


De magnolia a 13 de Maio de 2008 às 15:28
Obrigada Mamie por todas as tuas palavras:-)

Não sabia que estavas doente....espero que não seja nada grave e fiques bem depressa, assim como teu pai....lamento que tenha que estar no hospital...

Eu sei que todos temos uma pedra no sapato...ou várias....mas às vezes sinto necessidade de me queixar...deve ser para ter mimo....sabes que quem mora sozinha tem destas coisas...

Mais dois anos nao faz de ti mais cota que eu Somos as duas jovens!! Eu sinto-me jovem..pelo menos nos momentos em que nao tenho alguem do meu tamanho a chamar-me mãe!!

Obrigada pelo força, mesmo:)

Beijinhos


De espaço da raquel a 13 de Maio de 2008 às 15:31
como tens razão.
apesar de talvez não estar a 100%, estarei sempre aqui para te dar força, coragem e um ombro amigo, que sei que sabes, estará SMEPRE disponivel.
é de
com amizade
Raquel


De magnolia a 13 de Maio de 2008 às 15:47
Obrigada Raquel..

Um enorme xi coraçao para ti!

Ps: tambem sabes que podes contar comigo em tudo o que eu puder...


De espaço da raquel a 13 de Maio de 2008 às 15:52
, foi tã bom esse xiiiiiiiiii-coração


De Alexandrino Sousa a 13 de Maio de 2008 às 21:13
O texto é teu, mas adoptei-o como meu... A vida não é fácil, e quando parece que novos e melhores rumos por aí vêm, algo aparece para contrariar. Como é triste quando queríamos tanto fazer algo, planos há tanto tempo sonhados, e mais uma vez temos de adiar...
Bjs e abraço solidário


De Márcio Branco a 14 de Maio de 2008 às 08:03
Não sou contra uma pessoa se queixar :-) Porque isso até faz bem e nos coloca em perspectiva daquilo que podemos mudar e do que devemos ter força para mudar e continuar a lutar para mudar. Eu queixo-me e toda a gente se queixa :-)
O único senão, penso eu, é quando nos queixamos diariamente, e isto porquê? Quando o fazemos diariamente estamos também diariamente a ficar animicamente em baixo e com isso vamos perdendo preciosas energias para todos os dias podermos lutar mais um pouco, aquilo que eu faço é escolher um dia por mês e apenas nesse dia lamento-me imenso :-) E depois tenho de esperar até ao mês seguinte.
Isto faz com que me lamente e continue a perspectivar aquilo que está menos bem e ao mesmo tempo dá-me um lapso temporal que me permite depois olhar para trás e questionar-me se estou a conseguir fazer essa mudança ou não. Claro que algumas coisas não dependem só de mim mudar mas aquilo que apenas me disser respeito dá perfeitamente para equilibrar, o resto temos de aguentar até que consigamos de facto mudar :-)
Mas é natural que estejas assim, com um ritmo de trabalho agora bem mais intenso, com pouco tempo para aquilo que é importante para ti mas sê forte e vais ver que vais ter muito sucesso :-)


De jcm-pq a 14 de Maio de 2008 às 08:24
Olá Magnólia!

A vida é dura!. E cada vez pior! De facto há alturas em que o desencanto da vida nos assalta e parece que tudo se desmorona!. No entanto, no seu caso, tem um tesouro em casa: os miúdos. E, esses valem todo o sacrifício do mundo!. Tenha força e coragem!.

Jcm-pq


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links
Procuras alguma ideia em especial?
 
Ideias em pelicula
blogs SAPO
subscrever feeds