Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Sábado, 16 de Janeiro de 2010
um poema num dia de chuva


imagem retirada da net


 



Pousei o meu pensamento em ti


E deixei-o espreguiçar-se languidamente


Por sobre todo o teu corpo…


Abandonei-me.


Libertei-me das amarras do pudor


E pude sentir-te então em pleno.


Não importa que não saibas que penso em ti


Sei-o eu


Sinto-o eu


Apesar de se apenas em pensamento


É como se te estivesse a sentir


É como se sentisse o morno da tua pele


A sua maciez


E visse como é branco, belo e puro…


Também senti o teu sabor intenso de fruta doce


Nos meus lábios saudosos de ti…


Tenho ânsias de te ver


De te ter


De te sentir


De te descobrir


Mesmo que seja apenas em pensamento…




tags:

publicado por magnolia às 11:22
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De agoradigoeu a 16 de Janeiro de 2010 às 16:00
Olá Cláudia,
Sou fã incondicional destes teus "poe-samentos"...
eu diria sentimentos...
muito bonito
um beijo com muita admiração
norberto


De Diana V. a 17 de Janeiro de 2010 às 04:54
Olá Cláudia...

A chuva acorda os sentidos :)
é do pensamento que nasce o sonho... é pelo sonho que abraçamos o desejo ...
Hum ... está lindo, tranquilo, sereno e inspira aos sonhos entre a melodia da chuva...

Beijinhos


De magnolia a 18 de Janeiro de 2010 às 00:08
Muito obrigada Norberto, muito obrigada mesmo pelas tuas palavras.

Um beijinho grande para ti


De magnolia a 18 de Janeiro de 2010 às 00:10
Olá Diana,

Sinto-me muito contente por gostares da minha poesia....obrigada:)

Um beijinho


De Chellot a 21 de Janeiro de 2010 às 03:30
Um pensamento inundado de sentimentos.
Beijos doces.


De magnolia a 23 de Janeiro de 2010 às 22:24
Uma visita de longe...:) obrigada

beijinho***


De viagra pharmacy a 11 de Agosto de 2011 às 18:22
Bom post!


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links

Uploaded with ImageShack.us
A minha obra:-)
Image Hosted by ImageShack.us
By magicmagnolia
Statistic
Procuras alguma ideia em especial?
 
Quantos andarão por aqui?
web counter
Pub
Ideias em pelicula
Que horas são?


blogs SAPO
subscrever feeds