Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2014
manhãs

 

IMAGEM RETIRADA DA NET 

 

 

 

não quero saber dos cabelos no ar,
em pé de guerra com a gravidade.
não quero saber das olheiras visíveis,
pela falta voluntária do negro do lápis.
também não importa a camisola aos quadrados,
que não condiz com coisa nenhuma.
importa o calor que fica dentro dos lençóis pela manhã.
mas sobretudo, 
mais uns instantes, ainda que breves,
dentro da seda serena dos teus abraços. 

cláudia moreira


tags:

publicado por magnolia às 14:40
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 13 de Janeiro de 2014
poema simples

 

 

devolvi a gramática à estante.

depois,

em escassos segundos desenhei um poema.

poucas palavras embrulhadas em ternura.

sem ligar à geometria dos versos mandei-to entregar.

imaginei o teu sorriso franco e o meu peito ficou mais quente.

então nesse instante o mundo pareceu-me um lugar melhor.

 

cláudia moreira

 


tags: ,

publicado por magnolia às 13:20
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014
That 'cause sometimes I think of myself as a huge fan of good music! -


publicado por magnolia às 22:27
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 2 de Janeiro de 2014
breve história de uma árvore de rua

 

 

fotografia retirada da net

 

é a última folha e solta-se do ramo mais alto que um dia a fez folha.

desde a última primavera que eram inseparáveis, ramo e folha.

agora, solta de sua mãe, desce, num voo sereno, bailando até ao chão atapetado de outras folhas, que depois o vento se há-de encarregar de levar para longe.

os pássaros,esses, já muito antes tinham partido, num frenesim de mil asas a voar para o sul.

e a árvore ficou.

porque é o destino das árvores ficar.

as raizes que a prendem ao chão e a fazem segura para lá viverem as folhas, os frutos, os pássaros, os bichos-de-conta, as aranhas e ainda muitos outros seres que fazem dela refúgio, tambem a prendem a um destino muito próprio.

o de ficar. o de ficar sempre no mesmo lugar.

olho-a longamente e imagino-a triste por estar presa ao chão e não poder viajar como os pássaros e as folhas, correr mundo.

por não poder fugir para onde não há chuva nem frio, assim como os pássaros que ali passaram o verão.

fico ali à janela, porque a chuva me prende em casa.

olho a árvore muito tempo, tanto tempo que a chuva passou e depois voltou e o dia entardeceu.

afinal a árvore não está triste.

a árvore não está triste.

é uma certeza que tenho de repente. uma epifania se calhar.

a árvore tem uma função precisa e rigorosa.

está só à espera da próxima primavera para abrigar novas folhas e frutos.

e pássaros que farão novamente um terrivel chinfrim ali na rua.

e ainda os cães e gatos e os velhinhos parados na sua sombra.

até lá.

até lá eu vejo os seus braços de madeira erguidos no ar, balançando-se suavemente, devagarinho, numa dança só sua, feliz, tranquila, sentido a agua da chuva escorrendo pela sua pele rugosa, saboreando com prazer a frescura das manhãs, descansando no silêncio que habita ali agora.

afinal a árvore está feliz.

nenhuma impaciência, nenhuma solidão atormenta a sua alma de árvore.

ela sabe com precisão qual é a sua missão no mundo.

isso basta.

 

cláudia moreira

 



publicado por magnolia às 23:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

O Humor dos outros.

Porque o meu ainda não descobri como fazer!!! :)

 

Porta do Fundos

 

 

 


tags:

publicado por magnolia às 20:00
link do post | comentar | favorito
|

2013 - os livros que li, os filmes que vi e ainda outras coisas que vivi

As Aves da Madrugada

 

Urbano Tavares Rodrigues

 

 

 

 

"Aves da Madrugada" é um livro de contos que se caracteriza sobretudo por uma enorme humanidade e sensibilidade. O autor transmite através destas pequenas histórias um profundo conhecimento do ser humano, das suas dúvidas e problemas, das carências, sofrimentos e da fragilidade de se ser humano.

 

Recomendo vivamente este livro e sobretudo este autor.

 

 

NB:

Como não encontrei nenhuma sinopse do livro, fica antes aqui o link para alguma informação sobre o autor.



publicado por magnolia às 13:19
link do post | comentar | favorito
|

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links

Uploaded with ImageShack.us
A minha obra:-)
Image Hosted by ImageShack.us
By magicmagnolia
Statistic
Procuras alguma ideia em especial?
 
Quantos andarão por aqui?
web counter
Pub
Ideias em pelicula
Que horas são?


blogs SAPO
subscrever feeds