Falar sobre tudo e mais alguma coisa
Domingo, 13 de Março de 2011
Hoje...


 


 


Hoje despedi-me de um lugar que fez parte de mim a vida inteira. Um lugar que me viu crescer. Um lugar que me viu aprender a andar, cair e levantar, ser menina, ir à escola, crescer mais ainda, ser mulher. Um lugar com o sabor do sol de verão. Um lugar com a textura de uma pétala de rosa humedecida pelo orvalho da Primavera. Um lugar com o sabor dos figos comidos em cima da figueira, no Outono e o calor imensamente agradável de um fogão de lenha sempre aceso, todos os dias em que cheguei da escola, molhada pela chuva gelada de Inverno. O lugar mais ternurento do mundo, a casa da minha avó.  




Despedi-me deste lugar com o coração apertado pela saudade da voz tranquila da minha avó materna, da saudade das suas mãos de costureira que amassavam a massa para a boroa, que depois comíamos quente com manteiga a derreter. Já sabia que um dia teria que ser, mas só no momento se sente com rigor a dor das partidas…




Há quase três anos que nos deixou na saudade e parece que foi há tanto tempo… Faz tanta falta o seu carinho, a sua voz que nunca se elevava, a sua sopa de feijão rajado, o doce de tomate feito pelas suas mãos em tardes de inverno. Faz tanta falta o silencio daquela casa nas longas tardes de verão, do tic-tac do relógio no quarto quando ainda era obrigada a dormir a sesta. Faz-me falta o seu profundo olhar azul a dizer-me gosto de ti, em silêncio. Faz-me falta a minha querida avó.




Fechei as portas atrás de mim, uma a uma e deixei em cada divisão a saudade, mas trouxe comigo muitas lembranças, todas as que fui capaz de agarrar. Trouxe sorrisos e gargalhadas, choros e tardes de sol. Trouxe primaveras e amêndoas da Páscoa. Trouxe ameixas e manhãs de chuva à janela. Trouxe dias de brincadeiras e bolo de laranja. Trouxe tantas lembranças boas que por momentos me encheram o coração de lágrimas de saudades e sorrisos de alegria.




Fechei a última porta com dificuldade. Aquele lugar vai passar a ser de outra pessoa. De outras pessoas. Outras crianças irão correr pela casa e pelo quintal. Outros pais irão passar ali tardes de Domingo ensolaradas. Outras visitas irão apreciar o ar tranquilo do bairro aldeão. Outras memórias habitarão aqueles corredores, aqueles quartos, aquelas árvores que entretanto serão velhas. Outras pessoas usarão a cozinha para fazer pratos deliciosos e talvez deitem fora o velho fogão de lenha…




Olhei para trás uma última vez e pude ver claramente o rosto sorridente da minha querida avó a olhar-me. A mão acenava-me devagar. Por fim, pareceu-me que uma pequena frase se formava na sua boca bonita: até um dia…




E depois eu sorri e o nó desfez-se então na minha garganta…


 


 


Texto escrito para  a Fábrica de Histórias por Cláudia Moreira


 


 



publicado por magnolia às 23:23
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De Leonor Teixeira a 15 de Março de 2011 às 02:10
Oh, magnolia, que pena.. ainda pensei que a Fábrica considerasse.. afinal, a tua história está dentro do prazo..
Gostei tanto.. há tanta ternura nas tuas palavras, nas tuas descrições..
Tenho a minha avó materna por perto e adoro-a mais que tudo..

Um grande beijinho :)


De magnolia a 15 de Março de 2011 às 14:44
Não faz mal...outras virão...

As avós são simbolos de ternura... um dia espero vir a ser uma:)))

Beijinhos


De Natacha a 15 de Março de 2011 às 22:15
Ohh :(

Também pensei que o teu texto aparecesse na lista, mas sabes, o mais importante mesmo é teres escrito e nos teres proporcionado este momento :)

É mesmo como tu dizes, mais virão, aliás, já temos novo desafio: ao trabalho ;)

Um beijo grande


De magnolia a 16 de Março de 2011 às 17:43
Vou ver se me inspiro:)

Beijinhos grande para ti!!


De SDaVeiga a 29 de Março de 2011 às 00:08
Finalmente consigo comentar o teu lindo texto sem me emocionar como das outras vezes...

Também eu sei o que é sentir falta da avó, da sopinha de feijão dela, da malga de chá na sua companhia, das suas bengaladas brincalhonas quando gracejava com alguma coisa mais malandreca...
As avós são a nossa âncora e, quando se vão, ficamos perdidas.

Beijos e boa semana!


De magnolia a 4 de Abril de 2011 às 11:55
Vou ter que me castigar por só agora te estar a responder... Ainda mais com um comentário tão bonito como este...

Eu tenho muitas, mas mesmo muitas saudades da minha avó...falta-me um pedaço agora..

Obrigada Sónia!

beijinhos


De geriatriaaminhavida a 10 de Abril de 2011 às 09:54
É engraçado, mas hoje a grande maioria dos post que leio fazem-me reviver a minha infância. Ia lendo e ia relembrando a casa da minha avó, as suas comidas, a lareira e em especial a ternura dela...
Felizmente que a casa ainda existe e que ainda esta na família
Beijinhos


Comentar post

...e mais ainda...
Cláudia Moreira

Cria o teu cartão de visita
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Ideias recentes

Entrudo

Fábula

primavera

música, da boa.

poema simples

A invenção do Amor

we all do have some nost...

manhãs

poema simples

That 'cause sometimes I t...

breve história de uma árv...

O Humor dos outros.

2013 - os livros que li, ...

Feliz Ano Novo!

Porque os livros (também)...

2013 - os livros que li, ...

That 'cause I think of my...

Estes já têm lugar na min...

Quem se lembra?

2013 - os livros que li, ...

Ideias antigas

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

tags

todas as tags

links

Uploaded with ImageShack.us
A minha obra:-)
Image Hosted by ImageShack.us
By magicmagnolia
Statistic
Procuras alguma ideia em especial?
 
Quantos andarão por aqui?
web counter
Pub
Ideias em pelicula
Que horas são?


blogs SAPO
subscrever feeds